A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/09/2012 18:26

Mulher encontrada morta não é de MS e identificação pode demorar até 3 dias

Viviane Oliveira
O corpo da mulher foi encaminhado para o Imol. (Foto: Rodrigo Pazinato)O corpo da mulher foi encaminhado para o Imol. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A mulher encontrada morta na estrada vicinal que dá aceso ao Aeroporto Santa Maria, na saída para São Paulo, região do bairro Itamaracá, em Campo Grande, não tem registro em Mato Grosso do Sul. A informação é do delegado da DEH (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Homicídios), Edilson dos Santos Silva.

De acordo com a Polícia, o primeiro passo é identificar a mulher, para depois investigar a autoria do crime. “Ela não tem registro aqui no Estado e por conta disso a identificação pode demorar até três dias”, disse o delegado.

A mulher aparenta ter entre 25 e 35 anos e foi atingida com três tiros. Os projeteis de pistola calibre 9 milímetros atingiram as costas, cabeça e uma das mãos da vítima. O corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal).

Conforme a perícia, da maneira como a vítima estava indica que foi morta há pelo menos 12 horas. Já havia larvas no corpo.

Ela foi encontrada com mãos e pés amarrados com lençóis por volta das 7 horas. Uma denúncia foi feita ao Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) informando sobre o cadáver na estrada.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...


Com a "pacificação" das favelas do Rio, com a vinda dos chefões para o presídio federal daqui e com a facilidade de entrada de drogas no nosso estado, não me surpreende que os bandidos tenham vindo para cá. Depois ninguém sabe pq os crimes envolvendo tráfico de drogas aumentaram na cidade. O bairro itamaracá tem uma boca de fumo em cada esquina.
 
Aline Vilela em 18/09/2012 11:51:46
Isso não quer dizer, que a mesma não tenha residência em Campo Grande ou interior do MS.
 
Neyde Oliveira em 18/09/2012 08:51:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions