A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/10/2011 19:06

Mulher tem corpo queimado ao atear fogo em lixo utilizando gasolina

Ana Paula Carvalho e Nadyenka Castro
Elizabete mostra ferimentos no pescoço. (Foto: João Garrigó)Elizabete mostra ferimentos no pescoço. (Foto: João Garrigó)
Ela teve queimaduras no rosto, pescoço e braço. (Foto: João Garrigó)Ela teve queimaduras no rosto, pescoço e braço. (Foto: João Garrigó)

Elizabete Prerin Freitas, de 52 anos, contadora, sofreu um grave acidente ao utilizar gasolina para queimar lixo e papéis no dia 13 de outubro, em Campo Grande.

Ela aproveitou o feriado para realizar uma limpeza na casa onde mora. Juntou a grama que o jardineiro havia cortado com vários documentos velhos de clientes em um terreno baldio ao lado da residência, buscou gasolina no posto de combustíveis, despejou no lixo e voltou para procurar fósforos.

Como não encontrou, resolveu utilizar um isqueiro. Ela abaixou, acendeu e o liquido inflamável explodiu. “O fogo foi para cima de mim, eu coloquei a mão em frente ao rosto e acredito que por isso meus olhos não queimaram”, diz.

Ela teve queimaduras graves no rosto, no pescoço e no braço direito. O fogo queimou os cílios, sobrancelhas e cabelo. “Eu perdi chumaços de cabelo”, relata.

Após ser atingida pelas chamas, Elizabete cortou uma babosa (planta) passou nos ferimentos e depois tomou banho “para se refrescar”. Em seguida um casal de amigos dela, que chegaram após o acidente, levaram-na ao hospital.

Ela não quis ir a Santa Casa, passou pela clínica Campo Grande e pelo Sírio Libanês, mas foi informada que não havia especialista nesses hospitais. Ela foi levada pelo amigo á Santa Casa. Assim que chegou já foi levada direto para o pronto socorro. “Lembro-me muito bem do médico falando ‘aplica soro com morfina’. Eu fiquei no corredor, mas foram três horas sem dor. Depois mudei de setor e o atendimento melhorou ainda mais”, afirma.

Elizabete tem plano de saúde e, é através dele que está realizando tratamento com tubo hiperbárico, segundo ela, o médico afirmou que a cada sessão de duas horas com esse procedimento equivale a quatro dias de tratamento convencional.

“Eu não me olhei no espelho, mas me falaram que já melhore 120%. Até minhas rugas sumiram”, conta. Ela afirma que os convênios deveriam disponibilizar mais esse tratamento, porque tem horários vagos para sessões, mas o plano não libera.

A contadora conta que tinha o hábito de queimar o lixo, mas que isso serviu de lição. “Não sou santinha, sempre ateava fogo no lixo, mas essa lição eu aprendi. Nunca mais vou fazer”, afirma.

Cuidados - A enfermeira Áurea Lilia batista Silva, responsável pelo setor durante a tarde, alerta a população sobre os riscos de manusear álcool e gasolina. “As pessoas têm que entender que há riscos de queimaduras quando se mexe com esses produtos”, diz.

“Esse é um dos tratamentos mais dolorosos. A pessoa fica desidratada, sente muita dor, perde pele, pode ficar mais de meses internada. A pessoa tem que pensar na conseqüência desse ato”, alerta.



Imagino a terrível dor que deve ter sentido. Esse tipo de acidente é comum, mas porém fácil de ser evitado.
Tenham sempre muito cuidado com : Álcool, gasolina, Thinner, rojões, fogos de artifícios, bombinhas e gás. Se com adulto sempre ocorre, imagine com a garotada.
Elisabete, espero que sua recuperação seje rápida. Faça tudo DIREITINHO, o que seu médico pedir, para evitar complicações.
 
neyde de oliveira em 28/10/2011 12:52:29
Já dizia minha avó: "Quem brinca com fogo pode se queimar!"
 
Carlos Renato Lopes em 28/10/2011 12:44:15
Todo erro tem suas consequências. Não se pode atear fogo em terrenos baldios. Teimou, sofreu.
 
Cleider de Souza Costa em 28/10/2011 10:28:39
Desejo a você melhoras e aproveito o ensejo para também fazer o alerta, NÃO FAÇA QUEIMADAS, essa prática queima a possibilidade de um planeta saudável!!
 
Silva Souza em 28/10/2011 10:09:04
Caro sr. Carlos Renato Lopes, a minha vózinha já dizia diferente:
"Quem brinca com fogo faz xixi na cama!" rss..
 
João Carvalho em 28/10/2011 09:48:04
Não acredito que ainda há pessoas que se utilizam dessa tática para se livrar de lixo, queimar lixo só tras transtorno para os vizinhos, além é claro do risco de ser queimado..
Acender um monte de lixo encharcado de gasolina com um isqueiro é um claro sinal de falta de massa cinzenta...... acidente não essa é a boa e velha seleção natural.
 
Roberto Inzagaki em 28/10/2011 09:36:31
Lamento pelas lesões. Mas é importante aproveitar para alertar sobre a queimada. Quantas famílias não se deram conta de que atear fogo em lixo, ainda que em pequeno volume, é prejudicial ao meio ambiante. Quando a umidade do ar está baixa é um verdadeira crime para os demais cidadãos. A queimada ilegal não é só aquela que destrói as matas e florestas.
 
André Tomé em 28/10/2011 08:59:25
Coitada da velhinha! Nem referências fizeram do estado de saúde dela.
 
Ezio Jose em 27/10/2011 11:10:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions