ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Pai e filho são procurados por suspeita de morte de caminhoneiro

Comerciante teria ajudado suspeito a fugir; vítima foi baleada três vezes durante briga

Por Liniker Ribeiro e Mirian Machado | 19/11/2020 18:26
Corpo de caminhoneiro coberto por pano; crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)
Corpo de caminhoneiro coberto por pano; crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (Foto: Paulo Francis)

Duas pessoas são procuradas pela morte do caminhoneiro Gilmar da Silva, de 37 anos, na tarde desta quinta-feira (19). O crime aconteceu na Rua Araticum, no Bairro Moreninhas III e, de acordo com a Polícia Civil, pai e filho teriam fugido logo após os disparos, não sendo localizados.

Os dois não tiveram nomes revelados, mas a suspeita é de que o filho tenha efetuado os disparos, enquanto o pai, segundo testemunhas, teria ajudado o suspeito a fugir. Conforme o delegado Nilson Friedrich, buscas estão sendo realizadas na região.

Delegado Nilson Friedrich esteve no local (Foto: Paulo Francis)
Delegado Nilson Friedrich esteve no local (Foto: Paulo Francis)

Gilmar foi baleado duas vezes no tórax e outra no pescoço. Segundo testemunhas, o alvo real era o irmão da vítima, dependente de drogas, mas Gilmar, que trabalha como caminhoneiro e teria ido até o local para apaziguar os ânimos, acabou sendo baleado.

Ainda segundo Friedrich, a polícia agora busca entender como a dinâmica da briga que antecipou o crime e quais pessoas teriam ligação. Um capacete foi apreendido e o irmão de Gilmar foi encaminhado à delegacia para prestar depoimento.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas, mas por perder muito sangue, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário