ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Pai envolvido no sequestro de recém nascida pode ser inocentado do crime

Por Graziela Rezende | 29/11/2013 13:10

A acareação entre os quatro envolvidos no sequestro de uma recém-nascida, no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, pode ser muito favorável ao pai da criança. Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelas investigações, dois dos três acusados negaram conhecer Robison dos Santos Rossimaister, 22 anos.

“O estudou de Direito Samir Souza El Ossais, 33 anos e o Carlos dos Santos, 25 anos, negaram conhecer o Robison e também que ele tenha participado do crime. Pela primeira vez, o Carlos confessou que desceu do carro e abordou a mãe do neném. No entanto, a manicure Renata Silva de Jesus, 33 anos, continua a dizer que o próprio pai indicou a criança e que sabia do sequestro”, afirma o delegado.

Com a reviravolta, o delegado diz que aguarda o depoimento do 5° elemento. Ele foi identificado como Hugo Vinícius de Lima, 19 anos e inclusive já foi preso em flagrante duas vezes. “A versão dele será importante para confirmarmos ou não a participação do Robinson. E a liberdade do pai será decidida a nível do Poder Judiciário”, comenta o delegado.

Sequestro - Nicole estava na rua 10, nos braços da mãe, quando os autores abordaram a mãe, uma adolescente de 14 anos e a avó. No total, quatro pessoas estavam em um carro vermelho. No entanto, dois desceram, um deles armado, e fugiram com a menina.

Nos siga no Google Notícias