A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

09/05/2019 09:41

Passageiros denunciam e Procon dá prazo para fim de atrasos em ônibus

A empresa tem prazo de defesa e para corrigir os problemas; caso contrário, pode ter de pagar multa de R$ 5 mil a R$ 100 mil

Anahi Zurutuza
Passageiros embarcando em ônibus na Praça Ary Coelho, onde ficam pontos mais movimentados da região central (Foto: Simão Nogueira/Arquivo)Passageiros embarcando em ônibus na Praça Ary Coelho, onde ficam pontos mais movimentados da região central (Foto: Simão Nogueira/Arquivo)

Usuários do transporte coletivo de Campo Grande denunciaram os constantes atrasos na linhas de ônibus e após fiscalização, o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) notificou o Consórcio Guaicurus, dando prazo para as empresas que operam o sistema corrigirem irregularidades.

Equipe do Procon estadual esteve em pontos de ônibus da região central e em vários bairros para apurar as reclamações. Em alguns casos, ficou constatado atraso de aproximadamente meia hora fora do horário de pico.

Além da inconstância nos horários, a ausência de informações adequadas quanto aos valores a serem cobrados para substituição de cartões recarregáveis quando ocorre perda ou avaria e falta de informações relacionadas aos itinerários e horários nas diversas rotas foram outras irregularidades constatadas.

O número de telefone (0800), divulgado pela empresa como serviço de atendimento ao usuário, não funciona. De acordo com o Procon, tratam-se de “flagrante desrespeito à Lei Federal 12.587/12”.

A empresa tem prazo de defesa e para corrigir os problemas. Caso contrário, pode ter de pagar multa de R$ 5 mil a R$ 100 mil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions