A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/04/2015 15:12

PM dobrará segurança em protestos sem afetar bairros, diz subcomandante

Kleber Clajus
No percurso da manifestação, com início previsto para às 15h, motos do trânsito devem abrir caminho aos participantes (Foto: Alcides Neto / Arquivo)No percurso da manifestação, com início previsto para às 15h, motos do trânsito devem abrir caminho aos participantes (Foto: Alcides Neto / Arquivo)

A Operação Brasil Democrático II pretende reforçar o policiamento durante manifestação, prevista para domingo (12), sem afetar a segurança nos bairros de Campo Grande. Equipes administrativas e policiais a paisana também estarão presentes no evento.

“Planejamos para que não se utilize o nosso contingente básico, ou seja, as guarnições nas Moreninhas, Nova Lima e outros pontos estarão nos bairros. Para isso, utilizamos o pessoal administrativo, além de efetivo extraordinário do Batalhão de Choque, Bope, Cavalaria e Trânsito”, pontua o subcomandante do Comando do Policiamento Metropolitano, tenente-coronel Sólon Rodrigues.

No percurso da manifestação, com início previsto para às 15h, motos do trânsito devem abrir caminho aos participantes que seguirão da Praça do Rádio Clube até os Altos da Avenida Afonso Pena. Haverá ainda existência de pontos de controle para evitar “excessos e danos ao patrimônio público e privado”, bem como policiais a paisana.

Conforme o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Deusdete Oliveira, mesmo que a preocupação maior seja na dispersão dos participantes, a expectativa é que se repita o clima de tranquilidade durante manifestação semelhante no dia 15 de março.

Sobre estimativa de público, no entanto, o coronel garantiu que os cálculos “não estimam no sentido de dizer que foi pouca gente, mas dentro de uma estimativa onde a cada 100 metros tenha uma média de 3 a 4 mil pessoas concentradas”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions