A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/09/2016 17:31

PM vai a favela cumprir ordem judicial e é recebida com protesto

Amanda Bogo e Leandro Abreu
Moradores entraram em conflito com policiais na tarde desta sexta-feira (30) (Foto: Marcos Ermínio)Moradores entraram em conflito com policiais na tarde desta sexta-feira (30) (Foto: Marcos Ermínio)

Moradores do bairro Bom Retiro, na região da Vila Nasser, em Campo Grande, entraram em conflito com policiais na tarde desta sexta-feira (30), após o Conselho Tutelar retirar a guarda de duas crianças, uma de um ano e outra de um mês, por denúncia de que a mãe e o pai são usuários de drogas. 

A confusão começou após o conselho tutelar deixar o local. A polícia foi acionada para conter os ânimos dos moradores que ficaram revoltados com a situação.

Quando deixavam o bairro, uma moradora arremessou uma pedra em uma das viaturas. Neste momento, policiais desceram armados com espingardas munidas de bala de borrachas e um oficial sacou uma pistola. Após o momento de tensão, a equipe policial deixou o local.

A situação ocorreu devido a visita do conselho tutelar para levar as crianças, uma de um ano e outra de um mês, de Stéfany Morais, 19. A denúncia, acatada pelo Ministério Público, foi feita após a jovem ser vista na rua enquanto estava grávida do segundo filho e segurando o primeiro no colo pedindo dinheiro, supostamente para comprar drogas.

Stéfany negou que ela e o marido são usuários de droga e disse estar desesperada sem saber para onde os filhos foram levados (Foto: Marcos Ermínio)Stéfany negou que ela e o marido são usuários de droga e disse estar desesperada sem saber para onde os filhos foram levados (Foto: Marcos Ermínio)

De acordo com a mãe das crianças, a acusação é falsa e nem ela e nem o marido são usuários de drogas. Desesperada sem saber para qual abrigo os filhos foram levados, a mulher afirmou que vai procurar a Defensoria Pública na segunda-feira (3) para tentar retomar a guarda dos filhos. “Não sei o que fazer sem os meus filhos”, desabafou.

Essa não é a primeira vez que a jovem tem a guarda de filhos retirada após denúncias. Mãe de gêmeos, os bebês com um ano de idade foram levados para um abrigo e adotados por outra família após uma denúncia de maus tratos. Stefany afirma que a denúncia se deu por conta do pai das crianças, que não é do seu parceiro atual e era violento.

Os moradores do bairro ainda jogaram sacos de lixo em uma rua e atearam fogo como forma de protesto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions