A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

06/06/2018 16:51

Polícia aguarda laudos e depoimentos para concluir caso de estupro

Adolescente de 14 anos acusa comerciante de 23 anos, que está preso na Deam

Izabela Sanchez
Delegada Marília de Brito Martins aguarda laudos e depoimentos (Izabela Sanchez)Delegada Marília de Brito Martins aguarda laudos e depoimentos (Izabela Sanchez)

A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) aguarda laudos médicos e depoimentos para concluir o caso da adolescente de 14 anos que é investigado como estupro. Segundo a delegada titular, Marília de Brito Martins, a polícia ainda trabalha com informações preliminares.

“Parece que ela teve que ser submetida a uma cirurgia e não sei qual o teor dessa cirurgia. A vítima inicialmente afirma que o ato sexual não foi consentido e o autor afirma que foi e que eles inclusive já mantinham relações sexuais”, informou a delegada.

A delegada aguarda a melhora da vítima para as oitivas da adolescente e da mãe. Segundo a delegada, também foi solicitado a coleta de material genético e o prontuário médico, com objetivo de avaliar se a lesão é grave e se foi causada por ato sexual. Segundo a delegada, a adolescente está internada na Santa Casa e há possibilidade de diligência até o hospital para realizar a oitiva da vítima.

Nesta quarta-feira (6), o advogado do acusado, um comerciante de 23 anos, compareceu à delegacia para entrega informal de novas provas para o caso. Ele afirma que o acusado nega o estupro e que o sangramento teria sido causado por uma pílula do dia seguinte, método contraceptivo para evitar gravidez.

“Isso nos temos que avaliar ainda. Vamos avaliar se realmente há possibilidade da pílula do dia seguinte causar esse tipo de sangramento ou se foi um ato mais violento. Esses elementos vão ser fornecidos pelos laudos”, comentou a delegada.

Comerciante é suspeito de estupro de garota que apareceu ferida em casa
Juiz Marcelo Andrade Campos Silva manteve preso o suspeito de estuprar uma menina de 14 anos na Vila Aimoré, região do Jardim Centenário, em Campo Gr...
Menina de 14 anos chega em casa ensanguentada e polícia suspeita de estupro
A polícia investiga se uma menina, de 14 anos, foi vítima de estupro na tarde desta terça-feira (5) na Vila Aimoré, região do Jardim Centenário, em C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions