A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/12/2013 11:04

Polícia pede prisão de autores de bala perdida que matou menino de 11 anos

Graziela Rezende
Local onde criança foi morta. Foto: Cleber GellioLocal onde criança foi morta. Foto: Cleber Gellio

A investigação policial sobre os envolvidos na morte de Matheus Garcia Cabral, 11 anos, já culminou na identificação de dois suspeitos. Segundo o delegado Jairo Carlos Mendes, responsável pelas investigações, a dupla seria “velha conhecida da Polícia”, inclusive com passagens por porte ilegal de arma de fogo, roubo e furto.

“São pessoas com antecedentes criminais e o fato ajudou na identificação. Temos as fotografias e a qualificação, por isso está sendo concretizado o pedido de prisão preventiva na manhã desta sexta-feira (27)”, afirma o delegado.

Finalizado os trâmites, o delegado diz que pretende divulgar as imagens às 17h de hoje para a imprensa, na 5ª Delegacia de Polícia. A intenção é contar com a ajuda de denunciantes para saber o paradeiro dos envolvidos. Eles podem responder por homicídio qualificado por motivo fútil e sem possibilidade de defesa, cuja pena mínima é de 12 anos.

Crime - Na noite do domingo (22), no bairro Parque do Sol, Matheus foi atingido, mesmo sem ser o “alvo” dos tiros. Ele chegou a ser socorrido, após levar um tiro na cabeça, mas não resistiu aos ferimentos.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...


Eu não entendo essa justiça ,como que essas pessoas do mal ainda estão nas ruas com esse curriculo todo...brincadeira deveriam de estar era na fila da pena de morte...pena que no Brasil não existe,exíste somente para as pessoas de bem,que são julgados pelos marginais na hora e decidem si vive ou morre.
 
Odevair de Brito Oliveira em 27/12/2013 17:31:03
E detalhe se fossem presos uns cinco dias atraz seriam beneficiados com induto de natal por bom comportamento e direito dos manos.
 
nelson wagno em 27/12/2013 16:38:47
eu não consigo entender a justiça, porque esses caras ainda estão soltos com tamanha fixa criminal, pô, tem santa paciencia
 
eraldo a bento em 27/12/2013 12:28:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions