ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Polícia pede prisão de autores de bala perdida que matou menino de 11 anos

Por Graziela Rezende | 27/12/2013 11:04
Local onde criança foi morta. Foto: Cleber Gellio
Local onde criança foi morta. Foto: Cleber Gellio

A investigação policial sobre os envolvidos na morte de Matheus Garcia Cabral, 11 anos, já culminou na identificação de dois suspeitos. Segundo o delegado Jairo Carlos Mendes, responsável pelas investigações, a dupla seria “velha conhecida da Polícia”, inclusive com passagens por porte ilegal de arma de fogo, roubo e furto.

“São pessoas com antecedentes criminais e o fato ajudou na identificação. Temos as fotografias e a qualificação, por isso está sendo concretizado o pedido de prisão preventiva na manhã desta sexta-feira (27)”, afirma o delegado.

Finalizado os trâmites, o delegado diz que pretende divulgar as imagens às 17h de hoje para a imprensa, na 5ª Delegacia de Polícia. A intenção é contar com a ajuda de denunciantes para saber o paradeiro dos envolvidos. Eles podem responder por homicídio qualificado por motivo fútil e sem possibilidade de defesa, cuja pena mínima é de 12 anos.

Crime - Na noite do domingo (22), no bairro Parque do Sol, Matheus foi atingido, mesmo sem ser o “alvo” dos tiros. Ele chegou a ser socorrido, após levar um tiro na cabeça, mas não resistiu aos ferimentos.

Nos siga no Google Notícias