A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/01/2016 14:40

Polícia procura testemunhas para desvendar morte de homem degolado

Filipe Prado

Ainda é mistério a morte de Rogério Cézar de Brito, 45 anos, encontrado morto a tiros e degolado no dia 4 de janeiro, no Jardim Veraneio, próximo à Funlec. A Polícia Civil realiza diligências para encontrar testemunhas, que possam indicar a autoria do crime e os motivos do homicídio.

O delegado Fabiano Nagata, titular da 3ª Delegacia de Polícia, no Bairro Carandá, apontou que ainda não há pistas do autor do crime, pois não foram encontrados vestígios da autoria e nenhuma testemunha.

Ele revelou que a vítima morava no Jardim Noroeste e as diligências estão sendo feitas pela região, para localizar familiares ou amigos, que possam apontar informações sobre o caso. Assim que testemunhas foram encontrados, as oitivas devem ser realizadas, explicou o delegado.

Além de degolado, o homem foi atingido com três tiros, sendo nas costas, nádegas e perna. Tudo indica que o homem foi morto no local no fim da tarde do dia 3. A vítima vestia short azul, blusa verde e estava de chinelo e boné.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions