A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/05/2013 07:07

Polícia tem 5 mandados de prisão para cumprir contra membros do PCC

Aliny Mary Dias e Paula Maciulevicius
Comprovantes de depósito bancário e documentos foram apreendidos em residência (Foto: Marcos Ermínio)Comprovantes de depósito bancário e documentos foram apreendidos em residência (Foto: Marcos Ermínio)

A operação que começou na madrugada desta sexta-feira (24) e desarticula a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) já cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma casa no Jardim Noroeste. A operação “Blecaute” é realizada em conjunto entre o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e a Polícia Militar.

Pelo menos 5 membros da facção devem ser presos ainda hoje. O primeiro mandado de busca e apreensão foi cumprido às 6h20 na Rua União Serra, no Jardim Noroeste. Os policiais vasculharam a casa onde havia uma mulher e uma criança.

A mulher disse à polícia que trabalha como vendedora de roupas. Os policiais buscavam documentos e extratos bancários. Dois vizinhos foram testemunhas dos agentes enquanto eles vasculharam a casa.

Um mandado de prisão seria cumprido na Rua Geometria, no Portal Caiobá, mas segundo a polícia, o procurado não estava na casa.

Operação – Segundo apurou o Campo Grande News, as investigações que deram origem à operação começaram em março deste ano depois que o policial militar aposentado, Otacílio Pereira de Oliveira, de 60 anos, foi morto em Três Lagoas.

Desde então, foram expedidos 55 mandados de prisão contra os integrantes, 38 deles estão no presídio de Segurança Máxima e de lá ordenaram o assassinato de pelo menos três agentes da segurança pública, além da execução do PM em Três Lagoas.

Além do Jardim Noroeste e Portal Caiobá, o bairro Mata do Jacinto também será alvo da operação. A partir de investigações feitas a partir de escutas telefônicas e bloqueios de contas bancárias, a Polícia montou um organograma do PCC em Mato Grosso do Sul e conseguiu frustrar a execução de agentes da segurança pública. O plano era de executar um policial militar em Campo Grande e outros dois agentes penitenciários em Corumbá e Paranaíba.

A operação "Blecaute" envolve também a transferência de presos, que atuam na liderança da facção, do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande para o presídio Harry Amorim Costa, em Dourados e vice-e-versa. Essa ação deve ser acompanhada por helicóptero da PRF.

Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions