A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/02/2013 20:19

Prefeitura recebe R$ 553 mil de Ministério, mas não paga professores

Nícholas Vasconcelos

O Ministério do Esporte informou hoje ao Campo Grande News que a Prefeitura de Campo Grande recebeu na semana passada os recursos para o pagamento dos professores e estagiários do programa Segundo Tempo. Mas até o momento, os trabalhadores do programa ainda não receberam o salário referente ao mês de janeiro. Segundo o Ministério, no dia 13 de fevereiro foram repassados R$ 553.650 para o pagamento e uma nova liberação deve está programada para o mês de Abril.

Conforme o convênio firmado entre a Funesp (Fundação Municipal do Esporte) e o Ministério, a Prefeitura tem de oferecer uma contrapartida no valor de R$ 395.958.

A nota do Ministério informa que até o momento não há nenhuma denúncia oficializada sobre os atrasos, mas que se isto ocorrer, a administração municipal será notificada pelo Sincov (Sistema Nacional Gestão de Convênios) para prestar esclarecimentos e adotar “as medidas saneadoras relativas às irregularidades apontadas”.

O salário dos colaboradores do Segundo Tempo costumava ser pago até o segundo dia útil, como os demais funcionários da Prefeitura recebiam. Este ano o prefeito Alcides Bernal (PP) começou a fazer o pagamento do funcionalismo no 5º dia útil.

Informações apuradas pela reportagem dão conta de que o pagamento deve ser realizado nesta quinta-feira (21).

Em Campo Grande o Segundo Tempo atende 3.000 crianças de 7 a 16 anos, divididos em 30 núcleos e em 26 meses de projeto. O programa é executado pelo Ministério dos Esportes em todo País e tem como objetivo dar acessoà prática esportiva a todos os alunos das Escolas Públicas da Educação Básica.

O objetivo é promover a inclusão, minimizando as desigualdades e qualquer tipo de discriminação através de benefícios como maior tempo de permanência de alunos nas escolas, contribuir para a melhoria da qualidade da educação.

O Ministério repassa os recursos para a Prefeitura, que contrata os profissionais e estagiários que trabalham nos núcleos.

Na Capital, o programa é distribuído em CRAS (Centros Referências de Assistência Social) e em escolas. Conforme a denúncia, os funcionários da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), responsável pelo convênio, desconhecem os motivos do atraso.

Em entrevista no último sábado (16), o prefeito Alcides Bernal (PP) negou que os pagamentos estejam atrasados e que os convênios não tenham sido renovados. “Todos os convênios que foram apresentados e que me cabia renovar, estão sendo renovados, a não ser aqueles problemas criados pela administração anterior.”, disse.

Ele havia afirmado ainda ainda que os recursos de programas federais, como o Segundo Tempo, estão normais. “Os recursos destinados a gente estão sendo investidos”, comentou.

 

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


E ae pessoal, não queriam mudanças!!!! Então engulam a seco!!!! Rsssss
 
Andre Luis Gomes em 21/02/2013 14:21:56
e ai sr prefeito Alcides Bernal para onde foi essa verba?
 
valdir zatti em 21/02/2013 11:39:47
Nossa o que esta acontecendo com nossa cidade linda, pelo menos na administração anterior não se via tanta sujeira, era feita limpeza nas vias, agora o mato esta tomando conta de tudo, no prolongamento da Avenida Ernesto Geisel, nas pistas de caminhadas que foram feitas, não da nem para andar mais, por que o mato tomou conta, as rotatórias não da nem para ver também pois o o mato cresceu, afinal de contas temos uma administração nova, ou a cidade está sem administrador.
 
Hedir Fonseca em 21/02/2013 10:38:03
Normal a incompetência reina na atual administração até março eles dão conta de repassar o dinheiro. Agora é assim caem árvores eles levam uma semana para retirar, buracos um mês para tapar e por ai vai.
 
joão afonso pereira em 21/02/2013 09:17:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions