A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/01/2015 15:36

Prefeitura suspende obra em rotatória por tempo indeterminado

Kleber Clajus
Rotatória permanece como problema viário sem previsão para ser solucionada (Foto: Marcelo Victor/Arquivo/Campo Grande News)Rotatória permanece como problema viário sem previsão para ser solucionada (Foto: Marcelo Victor/Arquivo/Campo Grande News)

Problemas de trânsito na rotatória das Avenida Mato Grosso com Via Parque devem permanecer por tempo indeterminado, após obra para instalação de semáforos ser suspensa pela Prefeitura de Campo Grande. A intervenção possui recurso, desde junho do ano passado, de R$ 1,3 milhão.

Conforme Kátia Castilho, secretária-adjunta da Seintrha (Secretaria de Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), o processo licitatório passou por atualizações, mas foi a troca de comando da Agetran (Agência Municipal de Trânsito) que paralisou sua continuidade por “um reestudo de nova alternativa a ser implementada”.

Recurso para a intervenção, no entanto, está disponível desde 25 de junho do ano passado, momento em que foi assinado convênio com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Na época, o prefeito Gilmar Olarte (PP) anunciou início dos trabalhos em 45 dias.

O Campo Grande News procurou a diretora-presidente da Agetran, Beth Félix, mas sua assessoria disse que estava em reunião e se pontuou que novo estudo para área foi concluído e encaminhado novamente para o setor de licitação, além de se aguardar “readequação do canteiro do cruzamento da Av. Mato Grosso x Rua Antonio Teodorowick, para instalação da semaforização/sinalização e posterior liberação da via”.

Ponto de estrangulamento do trânsito, com 20 mil veículos trafegando por dia, o projeto hoje paralisado previa retirada da rotatória e instalação de oito semáforos, alças de acesso e trechos com conversão proibida como, por exemplo, no sentido Centro-Bairro onde o condutor teria que entrar à direita uma quadra antes para acessar a via Parque pela Rua Ingazeira e Antônio Maria Coelho.



A solução até o gato da vizinha sabe. Uma elevada e ponto final. Mas o interesse imobiliário da maior construtora que atua em Campo Grande não deixa.
Ponto final.
 
Barbarossa em 28/01/2015 20:37:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions