A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

26/10/2014 10:15

Preso foge de UPA, leva tiro e policial atinge carro de paciente

Caroline Maldonado

Um preso que era encaminhado para fazer exame de raio-x tentou fugir e foi baleado nas nádegas por um policial militar na noite deste sábado (26) em frente a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, no bairro Monte Castelo.

Os disparos assustaram pacientes e um deles quase atingiu uma mulher que chegava à UPA, segundo seu esposo que procurou a delegacia e disse que um tiro pegou na porta dianteira do carro do casal.

Segundo os policiais, assim que saiu correndo o interno do Presídio de Segurança Máxima, Jonnhy de Barros Mendes, 26 anos, recebeu ordem de parada mas seguiu em fuga. Nesse momento, os policiais disparam na direção do rapaz. Conforme a polícia, um tiro atingiu a nádega esquerda transfixando próximo a região da virilha de Jonnhy.

O interno foi encaminhado à Santa Casa de Campo Grande e o caso foi registrado da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro. O policial militar que efetuou os tiros se comprometeu a apresentar a arma usada para perícia.

Mais tarde, Júlio César Garcia Rodrigues foi à delegacia e relatou que chegava na UPA com a esposa e a filha quando viu o preso sair correndo da unidade, seguido por um policial militar, que deu, pelo menos, três disparos em direção a Jonnhy. Segundo Júlio, um dos disparos passou entre as pernas de sua esposa e atingiu a porta dianteira direita do seu carro, um Ford/KA.

O fato causou revolta em pacientes que se assustaram ao presenciar os disparos. "Em vez de algemar preso em cadeira, deixa preso algemado só nas mãos", reclamou um leitor, que enviou o relato ao Campo Grande News

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions