A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/12/2014 17:20

Presos atuam na reforma de batalhão que foi entregue hoje pela Sejusp

Vania Galceran e Alan Diógenes
Detento que trabalhou na reforma do prédio. (Foto: Marcelo Calazans)Detento que trabalhou na reforma do prédio. (Foto: Marcelo Calazans)

Foi entregue, na tarde desta segunda-feira (29), a reforma do 1º Batalhão da Polícia Militar em Campo Grande. As melhorias foram feitas por detentos da Capital, que em troca da mão de obra prestada, receberam 1 salário mínimo.

De acordo com o Tenente Coronel Voltaire Flamarion Garcia Diniz, a reforma teve apoio da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), Agepen (Agência estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e Conselho da Comunidade, formado pelo Ministério Público e Defensoria Pública. "O pleito foi para readequar o batalhão, melhorar as instalações e para isso a Sejusp contou com a mão de obra de 12 internos do presídio de Campo Grande", comentou.

Segundo o diretor da Agepen, Deusdete de Oliveira Filho, ao todo foram gastos R$ 80 mil para reforma do prédio. Em contrapartida o Governo do Estado pagou um salário mínimo para cada presidiário que trabalhou na reforma.

O Secretário de Segurança Pública do Estado Wantuir Jacini ressaltou durante a reinauguração que esses presos não atuam apenas em reformas de delegacias e batalhões, mas em reformas de carteiras e cadeiras de escolas públicas e parques da cidade. Além disso, estão trabalhando na construção do Aquário do Pantanal.

Jacinini disse ainda que as estatísticas mostram que 70 a 80% dos presos que não trabalham e não estudam, cometem outros crimes, quando saem da prisão. "Por isso esse trabalho é tão importante porque eles se socializam. Com o trabalho dos detentos, o Estado conseguiu uma redução no valor da obra e os presos puderam receber, em troca de um trabalho", afirmou o secretário.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions