A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/03/2015 14:15

Processo licitatório é encerrado e empresa tem 60 dias para entregar uniformes

Flávia Lima

A empresa Comercial Isototal foi classificada e habilitada hoje para fornecer os uniformes que serão entregues aos alunos da rede estadual. Como a documentação fiscal da empresa não apresentou irregularidades, o setor de licitação do governo do Estado encerrou o processo. De acordo com a pregoeira Simone de Oliveira Ramires Castro, o preço sugerido foi aceito e hoje foi feita a análise dos documentos de habilitação, que avalia informações fiscais, atestado de capacidade da empresa e situação perante ao Procon.

A empresa cumpriu com todas as exigências e o resultado será publicado na edição da próxima segunda-feira (16) no Diário Oficial do Estado. A Isototal foi a segunda colocada no processo licitatório, já que a primeira colocada teve as amostras reprovadas pelos avaliadores, com isso, a Comercial Isototal foi convocada para apresentar sua amostra, que foi aprovada pela SED (Secretaria Estadual de Educação).

Com a troca das empresas, a compra dos uniformes será encarecida em R$ 390 mil, já que a Isototal cobrou R$ 6,20 por cada uniforme. Ao todo serão compradas 1,320 milhão de camisetas. O total da compra ficou em quase R$ 8,2 milhões. A empresa anterior cobraria R$ 5,90 para cada peça.

Agora a Comercial Isototal tem um prazo de 60 dias para entregar as peças. As aulas na rede estadual começaram no dia 19 de fevereiro.

O pregão eletrônico começou em 6 de fevereiro. Na disputa com 11 empresas, a Compracita Comercial Ltda apresentou menor valor unitário ao propor R$ 5,90 ante o teto de R$ 7,80 estipulado pelo governo.
Porém, a primeira colocada foi reprovada na fase de amostra do material. Na última compra, realizada em 2012, os uniformes tiveram custo unitário de R$ 6,27.

Quanto aos kits de materiais escolares, a pregoeira afirmou que o processo também foi encerrado. A Brink Mobil Equipamentos Educacionais teve as amostras aprovadas e apresentou valor individualizado dos kits, divididos em três tipos. O kit 1 terá custo de R$ 30. Já os kits 2 e 3 têm valor de R$ 37,50.

O governo vai comprar 162.407 kits tipo 1; 235.166 unidade do tipo 2 e 262.727 kits 3. Ao todo, o desembolso será de R$ 23,5 milhões por 660 mil kits. O teto da licitação era R$ 24,6 milhões.

O kit escolar 1 será composto por cadernos capa dura, caderno de desenho, lápis preto borracha macia, apontador, régua plástica, caderno de caligrafia, tubo de cola, caixa de giz de cera, caneta azul e agenda escolar.
Os kits 2 e 3 terão cadernos universitário, caderno de desenho, lápis preto, caneta azul, caneta vermelha, borracha, régua plástica, transferidor, esquadro, apontador tudo de cola, tesoura sem ponta e agenda escolar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions