ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Professores pedem apoio de deputados em ato na assembleia legislativa

Luana Rodrigues e Aline dos Santos | 02/06/2015 09:35
Deputados, como Pedro Kemp e João Grandão, do PT, acompanham protesto dos professores. (Foto: divulgação)
Deputados, como Pedro Kemp e João Grandão, do PT, acompanham protesto dos professores. (Foto: divulgação)

Professores da rede municipal e estadual estão concentrados em frente a Assembleia Legislativa para pedir apoio aos deputados estaduais, quanto à reivindicação de reajuste de 10,98%, previsto em lei.

Conforme o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), Roberto Botareli, a expectativa é reunir 30 mil pessoas em um ato unificado.

Ainda conforme o presidente da Federação, os professores irão acompanhar a sessão até o final e depois seguirão em carreata pelo centro da Capital.

Segundo a Fetems, todas as 14 regionais da Federação enviaram professores para participar do ato, que mobiliza os 73 sindicatos.

Já conforme o tenente do 9º Batalhão da Polícia Militar, Francisco Rogeliano, responsável por comandar a equipe que acompanha a manifestação, o público presente até o momento na Assembleia é de 2 mil pessoas, 300 dentro do plenário e o restante no saguão e rampa.

Os professores exigem reajuste de 10,98% para complementar o índice previsto em lei estadual de 2013, que prevê a implantação do piso nacional para jornada de 20 horas até 2018. O Governo propôs pagar 4,37% de aumento em outubro deste ano e implantar o piso até 2022.

Volta às aulas - Na última quinta-feira (28), o Tribunal de Justiça deu prosseguimento ao pedido do Governo do Estado para retorno dos professores às atividades em sala de aula. O desembargador proferiu decisão com entendimento de que a categoria foi uma das beneficiadas com a antecipação de data-base feita pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB).

"A carreira funcional 'Apoio à Educação Básica' é uma das carreiras beneficiadas com o reajuste antecipado, conforme se verifica da Lei n. 4.350/2013, que estabeleceu as tabelas do vencimento base e de subsídio dos servidores públicos estaduais, com aplicação para o exercício de 2013 e como reajustes setoriais e abonos para determinadas categorias funcionais, a título de correção e distorções e de adequação e equilíbrio entre a remuneração e as atribuições e as responsabilidade que os cargos exigem", frisou Sérgio Fernandes Martins.

Nos siga no Google Notícias