A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/02/2013 18:45

Professores reclamam de veto a convocação para atuar em escolas

Gabriel Neris

Profissionais que atuavam como PCTE (Professores Coordenadores das Tecnologias da Educação) acusam a Prefeitura de Campo Grande de ter suspendido a convocação para trabalhar na Reme (Rede Municipal de Ensino). O aviso, afirmam, foi dado hoje pela direção das escolas (15), afirmam os professores.

Os professores têm medo de se identificar. Eles contam que são cerca de 250 profissionais que estarão sem função, aguardando a decisão da Prefeitura. Os professores dizem que as informação repassada é de que as direções das escolas estavam cumprindo “ordens superiores e que a convocação está suspensa até concluírem estudos”.

Uma profissional reclama que está no cargo há um ano e agora não há mais tempo hábil para procurar vagas em outras escolas. “Fizemos cursos para estar nesta convocação, recebemos e-mail de boas vindas. As escolas estão lotadas”, argumenta. Os professores também mostraram indignação porque estão trabalhando desde o início deste mês.

“Voltei ao trabalho no dia quatro, estou trabalhando normal, e somente hoje fique sabendo que a Semed (Secretaria Municipal de Educação) orientou os diretores a não enviarem as convocações. Estou trabalhando de graça e a Semed não avisou ninguém”, protestou outra professora.

“Nesta altura do campeonato é praticamente impossível conseguir outro período de trabalho, sendo que várias vagas foram preenchidas no início do ano escolar. É um descaso com o servidor público, com o ser humano, pois somos habilitadas, temos família para sustentar”, completa angustiada.

O presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais em Educação), Geraldo Alves, disse que está ciente da situação e o assunto será tratado em audiência na quarta-feira (20) com o secretário da Semed, José Chadid.

A reportagem tentou entrar em contato com o secretário de Educação, mas ele não atendeu as ligações. Por não ter sido publicada no Diário Oficial, a assessoria de imprensa da Prefeitura informou que não poderia comentar o assunto.



Sempre a mesmice todo ano, cade a valorização da educação, dos profisssionais, dos alunos. o ano letivo começou minha gente, e ainda contratando. A organização administrativa e fiscalização se organizem para reverem e fazerem as mudanças necessárias durante o ano e se prepararem para o próximo. E as salas super lotadas com mais de 25, 30, 35... alunos como espera que o professor faça um bom trabalho em sala de aula, como realmente deveria ser, muitas questões a serem resolvidades, poderia listá-las aqui, porém vejo que passou a tempo de ficar apontando os culpados, e sim resolver as pendências. E claro vale lembrar que temos uma geração de crianças e jovens que nao respeita seus professores.
 
Ivone Ferreira em 17/02/2013 09:04:56
Senhores munícipes setor de educação de tecnologias educacionais pode até existir facilidades de algum diretor ou grupo gestor escolar entretanto reclamações sobre ar condicionado, condições de trabalho e outras denúncias postadas por aqui devem ser encaminhadas ao grupo de normatização escolar na SEMED,Por escrito e protocolado após será verificada por inspeção escolar. A capacitação realizada e a prova de avaliação anual pela qual os profissionais regentes realizam para acessar o cargo pretendido.é classificatória, currículo de atuação, o regente cumpre o planejamento obrigatório com o coordenador e apresenta uma avaliação da aula atividade. NÃO existe é regulamentação profissional para o cargo e capacitação técnica é uma luta de classes não existe curso superior regulamentado pelo MEC.
 
Márcio Araújo Simplicio em 17/02/2013 05:27:24
Lembrando que o ar das salas do pcte, são para os computadores que segundo normas técnicas é necessário para o seu bom funcionamento; as salas são para o uso de todos os professores para diversificarem suas aulas, agora se não esta acontecendo é só oferecer denuncia a semed; lembrando tambem que o professor concursado indo para o pcte, abre vaga para outros em sua disciplina! Agora falar do que não sabe é facil...... e a capacitaçao q passam todos professores?...... para uma reforma, é necessario destruir algumas paredes......pensem nisso minha gente..
 
anderson silva em 16/02/2013 22:04:12
Acreditamos que todos os comentários acima têm suas particularidades verídicas, vale lembrar que início de administração em qualquer setor passa por alguns ajustes, em C. Gde não seria diferente. Temos que compreender a nova organização política a frente do município que busca implantar o seu modelo. A categoria dos profissionais citados deve requerer uma atuação mais contundente da ACP, pois somos nós que custeamos a manutenção do mesmo e eles devem defender os nossos direitos constituídos. Não é o momento de a categoria estar rompida, como percebemos nas falas distorcidas dos professores efetivos de 40h, de 20h e convocados, devemos lembrar que somos profissionais.
 
marinho luciano brito em 16/02/2013 19:40:59
A Sala de Informática, alguns anos está funcionando muito bem, e parte desse trabalho é fruto de muita dedicação e estudo, pois recebemos formação, para inovar as aulas na sala de informática utilizando recursos da Web 2.0, que auxiliam os alunos a criarem livros próprios, trabalhos, pesquisas, videos, jornal do estudante, etc, mas necessitam de orientação para realização de suas atividades. Grande parte dos professores regentes não tem habilidades com os recursos tecnológicos disponíveis nas escolas da rede municipal. Quem faz críticas em relação aos professores coordenadores da sala de Informática, não conhece os portfólios publicados, com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos na sala de informática, sob a orientação dos professores regentes, alunos, em parceria com os professores PCTE
 
Verônica M Pereira em 16/02/2013 17:40:46
Mas o q é isso? Professores são a parte que fazem a educação funcionar e só eles sabem como fazer ou não fazer. Atenção ao professorado é atenção ao futuro, o que é que está acontencendo com o recém eleito prefeito, visão curta com relaçao ao futuro? O futuro já é agora ...
 
myrian fenner em 16/02/2013 16:11:44
Sr. Ilton Barros, não há dúvidas de que a educação precisa melhorar e isso não só em Campo Grande, mas na maioria das cidades brasileiras. Todavia, é importante ressaltar que o livro de didático é mais um material de apoio para aprendizagem e não EXCLUSIVO! Os PCN's (parâmetros curriculares nacionais) indicam o currículo mínimo a ser ensinado em cada série/ano. Para tanto os professores podem utilizar de diversas ferramentas. Para seu conhecimento, informo que a SEMED já aplica avaliação para mensurar a aprendizagem dos alunos.
 
Emerson Silva em 16/02/2013 13:31:59
eu votei no bernal e to muito feliz acredito que ele fara um grande governo.ele so tem 2 meses no poder,os outros tiveram 16 anos.vamos ter um pouco de calma que tudo acabara bem
 
paulo escobar em 16/02/2013 12:40:08
Bom para comentar um assunto precisamos estar embasados e saber o que estamos falando. Com relação ao caso dos PCTEs Professores Coordenadores das Tecnologias na Educação para exercer essa função tem que ser concursado no minimo vinte horas e ter os cursos e as capacitações necessárias para exercê-la. O fato é que a Secretaria de Educação não informou aos diretores que os professores não seriam contratados e que haveria um estudo com relação as salas.
O fato é que os professores que são efetivos 40 horas vão continuar trabalhando normal e as salas que tem professores convocados vão ficar fechadas.
Os PCTEs trablham e não são desocupados como foi falado anteriormente e quanto a convocação se fossem avisados com antecedência os professores tinham assumido salas de aulas.
 
Maria Aparecida de Souza em 16/02/2013 11:55:28
O pessoal da SEMED alegava que para atuar como professores coordenadores só poderia os professores quem fossem concursados dois períodos podendo assim optar por um deles na sala de informática. Agora aparece esses contratados aí ???? Eu sabia que tinha política de privilegiar os protegidos e indicados. Logo acho mais que justo retirar esta meia dúzia de professores. Esse grupinho tem que acabar, pois eles só indicavam de acordo com seus interesses pessoais.
 
Lurdes Maria em 16/02/2013 11:24:44
Os professores da sala de tecnologia não atendem às necessidades dos professores da sala de aula. Ou seja, não querem SERVIÇO SEREM INCOMODADOS NO SEU AR CONDICIONADO. Não ajudam os professores das salas, na verdade só fazem serviço da DIREÇÃO E COORDENAÇÃO destas escolas, é um descaso, a grande maioria que fica na sala de informática são amigos da diretora como no JOÃO CANDIDO DE SOUSA NO JARDIM ANACHE, BERNAL FAZ UMA FISCALIZAÇÃO LÁ, nem banheiro descente tem para os professores, o índice de remoção de funcionários de lá é EXORBITANTE, faz uma fiscalização lá, confira ........
 
gilmar soares benetes em 16/02/2013 10:58:55
Bernal, coloca este professores para trabalhar, no final de cada ano faça uma avaliação com os alunos sala de aula, as avaliações do IDEB não esta sendo realidade das escolas. Os alunos estão deixando livros pela metade, não estão estudando toda matéria do ano. Tem que haver melhor acompanhamento se os professores estão ensinando. Vamos Bernal.
 
ILTON BARROS em 16/02/2013 10:15:50
O que acontece na verdade é que o Município quer diminuir estes gastos com Prof. concursados que estão em sala de informatica e não fazem nada,ja que os Prof. regentes não levam seus alunos para terem uma aula diferenciada.A prefeitura quer fazer o que o Estado fez,colocar uma pessoa contratada, sem vinculo empregatício com outra instituição,pagando um valor salarial menor para atender apenas uma escola no periodo integral,simples assim.O problema é que muita gente já tinha feito um monte de contas e agora estão desesperado e reclamando.Aprendam a se planejar financeiramente.Outra coisa,os Prof. concursados de 20h optaram e não foram obrigados a complementar sua carga horaria no ar condicionado da sala de informatica,por que então,não escolheram exercer sua regencia em sala de aula sem ar?
 
Otavio Duarte em 16/02/2013 10:06:57
Os professores convocados não tem a vaga pura ou seja se chegar um professor concursado ele não direito a essa vaga, portanto o convocado deveria estar ciente que a qualquer momento a vaga em que ele está poderá ser preenchida por quem é de direito.Quanto a mudança foi necessária sim, acredito que o novo prefeito está mal assessorado e tem muita gente tentando atrapalhar e quem sofre as consequências e quem infelismente está fora do seu cargo,ou não passou em concurso para garantir seu direito.
 
Celly de Oliveira em 16/02/2013 09:54:05
AS ESCOLAS ESTÃO CHEIAS DE ALUNAS E FALTAM PROFISSIONAIS. MEU FILHO ESTA INICIANDO NO PRÉ(CRIANÇAS DE 4 ANOS). SÃO 20 ALUNOS NA TURMA E UMA PROFESSORA SÓ PRA DAR CONTA.PRECISA DE AUXILIAR PRA ESSAS TURMAS. A ESCOLA MUNICIPAL ADAIR DE OLIVEIRA QUE É BAIRRO, AGORA PQ NAS ESCOLAS MUNICIPAIS NA ÁREA CENTRAL SÃO MENOS CRIANÇAS NAS SALAS E AINDA TEM AUXILIAR. UMA COLEGA TEM A FILHA EM UMA ESCOLA MUNICIPAL NA AV MATO GROSSO E LÁ SÃO 15 CRIANÇAS POR PROFESSORA E AINDA POSSUI AUXILIAR. GENTE VAMOS CONVOCAR MAIS PROFESSORAS, CHAMAR OS CONCURSADOS O QUE NÃO PODE E ESTA FALTA DE INTERESSE COM AS CRIANÇAS DA PERIFERIA.


 
Vanda Oliveira em 16/02/2013 08:47:32
Esse é o preço que estão pagando pelo voto de protesto. estão tendo o governo que merecem. não queriam o BERNAL agora aguenta,
 
Adriana Silva em 16/02/2013 08:24:40
Vocês não queriam assim, a maioria dos professores da REME votou no Bernal .Agora aquentem as consequências.Isso é só o começo
 
Regina Dias em 16/02/2013 08:03:38
É muita sacanagem mesmo!!
 
Elizabeti Mendes em 15/02/2013 23:02:01
"As pessoas em primeiro lugar"....palavras, palavras, palavras... Afff!!!
 
zelia aparecida dos santos aguiar em 15/02/2013 22:09:21
Esse povo quer reclamar muito desse atual prefeito>Mas compreendo a sede de reclamarem é que no outro governo era proibido reclamarem de algo era ditadura.Agora , é democracia.Vão estudar pra passarem em concursos. Ou se ja passaram, voltam pra seu cargo de origem
 
Maete Ferreira em 15/02/2013 20:32:59
"Cada povo tem o governo que merece", porém o inocente, se é que os funcionários públicos são, pagam pela escolha horrorosa feita por nossos eleitores. Todos queriam mudança...mudou.
 
cris rosa em 15/02/2013 20:32:33
Se são concursados, não há do que reclamarem, se são contratados, os contratos são obrigatoriamente renovados, ou não todos os anos, não é isso? Sendo convocados os contratados, sendo renovando os contratos já existentes ou contratando novos proficionais, fui servidor público no interior do estado por 10 anos, e sempre foi assim...
 
Agrimar Felix em 15/02/2013 19:19:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions