A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

07/06/2013 08:10

Protesto de sem terra e produtores rurais tomam conta de ruas da Capital

Jéssica Benitez

Duas marchas em protesto ao conflito entre índios e fazendeiros ocorrem neste momento em Campo Grande. Uma é composta por integrantes do MST (Movimento Sem Terra) e índios, em prol das demarcações de terras indígenas.

Eles saíram na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e pretendem chegar à Praça da República (Rádio).

Para garantir a segurança dos quase 700 manifestantes e a ordem de trânsito, toda caminhada está sendo acompanhada pela Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito).

No outro extremo da Capital, cerca de 300 produtores rurais se reúnem nos altos da Avenida Afonso Pena. O intuito é pedir paz no campo.

Esta última marcha, porém, não deve durar muito. Eles não passarão da região do Shopping Campo Grande para que não haja encontro com o outro manifesto.

A intenção é evitar desgaste. A Polícia Militar é aguardada para ofertar segurança aos ruralistas.



E mais uma vez esse povo atrapalhando o cidadão de bem que precisa trabalhar. Trancam o trânsito e atrapalham a vida do povo trabalhador.
Até quando vamos aceitar os índios e sem terras fazendo "manifestações" desse tipo.

Querem manifestar, vão pra Brasília cobrar ações do Governo Federal. A única coisa que vão conseguir aqui é a ira da população que precisa trabalhar.

Já não bastava o trânsito caótico agora ter que aguentar sem terra e índios... ahhhh tenha santa paciência bátima.
 
Afonso Netho em 07/06/2013 09:01:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions