ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Renais crônicos podem usar ônibus com apresentação da carteirinha

A suspensão do transporte coletivo deixou os pacientes preocupados, mas segundo a prefeitura eles poderão utilizar o serviço

Por Maressa Mendonça | 25/03/2020 18:24
Durante suspensão do transporte coletivo para evitar propagação do coronavírus, só profissionais de saúde e pacientes renais podem ter acesso ao serviço (Foto: Henrique Kawaminami)
Durante suspensão do transporte coletivo para evitar propagação do coronavírus, só profissionais de saúde e pacientes renais podem ter acesso ao serviço (Foto: Henrique Kawaminami)


Pacientes renais crônicos que utilizam ônibus para ir até as clínicas e hospitais fazer hemodiálise podem continuar usando o transporte coletivo de Campo Grande. Para isto, basta apresentar as carteirinhas ou documento pessoal. Eles estavam preocupados com a suspensão do serviço anunciada pela Prefeitura, na sexta-feira (20), para conter a epidemia do coronavírus, mas, assim como os profissionais de saúde não serão atingidos.

Em nota, a assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) informou que uma reunião com representantes da Abrec (Associação Beneficente Dos Renais Crônicos) foi realizada na noite de terça-feira (24) para tratar da situação. “Ficou assegurado que estes pacientes poderão utilizar os ônibus que estão em circulação de forma gratuita para manter o seu tratamento”.

A assessoria de imprensa da Abrec disse que a associação entrou em contato com as clínicas e hospitais para saber se eles tinham o levantamento dos pacientes que utilizam o transporte coletivo. As unidades fizeram o levantamento e se colocaram à disposição até para criar outra carteirinha com o objetivo de não deixar os pacientes sem o tratamento. Não há informações exatas sobre quantos pacientes renais crônicos há em Mato Grosso do Sul. A Abrec atende 650 por mês.

O levantamento feito pela Santa Casa, conforme a assessoria de imprensa, aponta que dos 80 pacientes em tratamento pelo serviço de hospital, apenas 14 fazem uso de transporte coletivo.

Eles confirmaram a informação repassada pela Sesau de que os pacientes poderiam continuar usando o transporte público. “Ficou resolvido entre a Sesau, a empresa do consórcio coletivo e o hospital que estes pacientes receberiam a carteirinha de comprovação com direito a mais um acompanhante e assim foi feito para nossos pacientes em tratamento, algumas ainda estão sendo sendo entregues, outras já foram entregues e todos estão sendo orientados para que não sejam prejudicados”, informaram.

A Sesau ressaltou que atende 91 pacientes com serviço de transporte, sendo disponibilizados nove carros e duas ambulâncias.

Em meio a este período de suspensão do transporte coletivo, os pacientes deverão ficar atentos aos novos horários dos ônibus. As consultas poderão ser realizadas por meio do site do Consórcio Guaicurus.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário