ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Repatriados da Bolívia são escoltados de ônibus até a Capital

O desembarque é acompanhado por policiais militares; pelo menos mais dois coletivos devem chegar durante a madrugada

Por Adriano Fernandes | 03/04/2020 23:38
À esquerda no fundo da imagem, agentes sanitários que atenderam os brasileiros e viaturas da Polícia Militar aguando os ônibus. (Foto: Adriano Fernandes)
À esquerda no fundo da imagem, agentes sanitários que atenderam os brasileiros e viaturas da Polícia Militar aguando os ônibus. (Foto: Adriano Fernandes)

Um grupo de repatriados da Bolívia chegou por volta das 22h30 da noite desta sexta-feira (03), em Campo Grande. Eles saíram de Corumbá e vieram escoltados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em um ônibus até a unidade da Viação Andorinha, na Vila Progresso.

A previsão é de que pelo menos mais dois coletivos cheguem ao local, durante a madrugada deste sábado (04). Os brasileiros estão deixando o país vizinho devido ao surto do coronavírus.

Os desembarques também estão sendo acompanhados por policiais militares. Assim que descem do coletivo os passageiros são examinados ainda no pátio da viação por agentes  da vigilância sanitária.

Cada passageiro tem a temperatura medida com termômetro antes de ser liberado. A quantidade de repatriados que estão se deslocando para a Capital não foi informada. Também não há confirmação, se alguns deles tem família na Capital.

Conforme apurado pela reportagem entre os primeiros a desembarcarem nesta noite estavam moradores de Rondônia. Eles saíram da Andorinha e foram direto para o Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Repatriados – O primeiro grupo com cerca de 450 brasileiros começou a desembarcar na madrugada desta sexta-feira (3), na fronteira das cidades de Puerto Quijarro e Puerto Suárez com Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande.

Uma força-tarefa foi montada para receber os brasileiros na ponte da Amizade, que faz divisa com os dois países. A pé, os brasileiros, grande parte estudantes de medicina, entraram na cidade, após realizarem os trâmites no setor de migração da Bolívia.

Em Corumbá eles também passaram por triagem da vigilância sanitária antes de embarcarem novamente em ônibus com destino a sua cidade de origem. A expectativa é de até este sábado (04) Corumbá, receba mais 300 repatriados.