A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/09/2015 19:25

Resoluções do Conselho mantém CEMPE sem acesso a recursos do SUS

Thiago de Souza
Conselho manteve veto ao uso de recursos do SUS para manter o CEMPE (FOTO:ArquivoConselho manteve veto ao uso de recursos do SUS para manter o CEMPE (FOTO:Arquivo

 Uma resolução do Conselho Municipal de Saúde, tomada em junho e só publicada na edição da última sexta-feira do Diário Oficial, mantém o CEMPE (Centro Municipal Pediátrico) fora da cobertura financeira do SUS (Sistema Único de Saúde), obrigando a Prefeitura a continuar custeando seu funcionamento, em torno de R$ 1 milhão por mês, com recursos da sua receita própria.

O Conselho também não homologou o decreto que transferia a vinculação do PAI (denominação oficial do CEMPE desde maio)do gabinete do secretário de Saúde para a Diretoria de Assistência à Saúde, na qual, estão vinculadas os centros regionais de saúde 24 horas e as UPAS (Unidades de Pronto Atendimento). Atualmente gera uma despesa mensal de R$ 1 milhão.

O ex-prefeito Gilmar Olarte criou o CEMPE em outubro do ano passado à revelia do Conselho de Saúde que não homologou sua implantação. O veto obrigou a prefeitura a custear integralmente sua manutenção, que chegou a custar R$ 2 milhões por mês.

Nos seis primeiros seis meses de funcionamento do Centro , quem trabalhava lá , especialmente médicos e os demais profissionais da área de saúde, ganhavam até 300% a mais que seus colegas das UPAS e Centros Regionais de Saúde 24 horas. Em abril, diante da cobrança do Conselho Regional de Medicina, foi mudada a denominação, para excluir a palavra “pediatra”.Numa vistoria, o CRM constatou que no quadro de médicos havia vários clínicos gerais.

Para contornar a situação optou-se por adotar o nome Pronto Atendimento Integrado, que atenderia crianças, adultos, além de absorver a maternidade das Moreninhas. Houve reação da população do bairro contra a proposta de fechar o hospital a unidade e assim a proposta foi abandonada.

Além da nova denominação, embora continue atendendo só crianças, houve redução dos salários. Também foram propostos alguns ajustes no prédio para adequá-lo as regras da acessibilidade e a exigências da Vigilância Sanitária da própria Secretaria de Saúde. Com isto, se esperava obter o aval conselho e integrar a unidade na rede que poderia passar a ser custeado com verba do SUS.

Esta nova resolução do Conselho de Saúde, reforça a posição do secretário Ivandro Fonseca, que defende o fechamento do CEMPE e a redistribuição da sua estrutura (de equipamentos e pessoal) para a UPAS e Centros de Regional de Saúde. Ele argumenta, tese que o Conselho referenda, que o PAI contrária o princípio básico do SUS, que é a descentralização do atendimento.

 

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Sr, Ivandro Fonseca gostaria de saber se suas filhas utilizam o SUS, é claro que ñ, pq se ñ o sr saberia que o atendimento nas upas são uma vergonha, medicos atendendo no plantão da madrugada muitas vezes nem são pediatras, mães tendo que se deslocar de um bairro para outro muito mais distante do que a area central para atendimento pq na upa proximo de casa o serviço não é de qualidade ou até por que ñ se tem. Em meio a crise toda, esse foi o melhor investimento, o da saúde para as nossas crianças que merecem um lugar especial, central e que atende elas com o carinho e atenção e respeito que elas merecem. MAIS É CLARO QUE O SR QUER FECHAR O CEMPE OU ( PAI) PQ O SR Ñ UTILIZA DO SERVIÇO. E assim como qualquer outra pessoa que nunca utilizou, que se dane quem usa.!!! ou seja q se dane o povo
 
fanantes em 14/09/2015 01:39:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions