A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/02/2013 15:34

Rua sem espaço para pedestre transitar gera reclamações

Viviane Oliveira
Franciele lamenta falta de cuidado e de atenção com os pedestres e moradores do bairro. (Fotos: Luciano Muta)Franciele lamenta falta de cuidado e de atenção com os pedestres e moradores do bairro. (Fotos: Luciano Muta)
Incomodado com a situação, o leitor do Campo Grande News Carlos Rafael Casimiro tirou foto da rua Delegado Osmar de Camargo e enviou para a redação. Incomodado com a situação, o leitor do Campo Grande News Carlos Rafael Casimiro tirou foto da rua Delegado Osmar de Camargo e enviou para a redação.

Moradores do condomínio Ecoparque reclamam da falta de acessibilidade na rua Delegado Osmar Camargo, em Campo Grande. A avenida abriga três prédios públicos no Parque dos Poderes e dá acesso ao conjunto de casas no Jardim Veraneio, porém no lugar de calçadas há mato e os pedestres têm que dividir a rua com os veículos.

Pelo menos 200 famílias moram no condomínio na região. Uma das moradoras, a doméstica Rosari Martines, de 62 anos, reclama que além do local não ter acessibilidade, a iluminação pública é precária.

“Aqui é um lugar muito bom para morar, no entanto falta ônibus e calçadas para a gente caminhar. O jeito é andar na rua, porque se caminhar no meio do mato dá piniqueira nas pernas”, disse Rosari, que mora há 9 anos no local.

A operadora de telemarketing Franciele de Lima Gothardi, de 19 anos, mora no condomínio desde agosto do ano passado e lamenta a falta de cuidado e de atenção com os pedestres e moradores do bairro.

“Eu gosto de morar aqui, no entanto tem coisas que precisam ser revistas e melhoradas, como por exemplo, a calçada que deve ser construída e ter piso tátil para orientação de deficientes visuais, afinal de contas este trecho corresponde ao Parque dos Poderes”, destaca.

“No horário de grande movimento, o fluxo de carros aqui é intenso”, afirma o pastor Rafael Fogaça, de 28 anos. A avenida abriga o prédio da Academia de Polícia, Secretária da Fazenda, Coordenadoria Estadual de Assistência Farmacêutica e estacionamento do SUS (Sistema único de Saúde).

Incomodado com a situação, o leitor do Campo Grande News Carlos Rafael Casimiro enviou fotos para a redação. “Esta rua é o principal acesso de mais de mil moradores do residencial Ecoparque".

Ainda conforme Carlos, nos horários de pico as crianças que vão para a escola, caminham em meio aos carros até o ponto de ônibus, na rua Desembarcador Leão Neto.

Além disso - Outro problema apontado pelos moradores foi a falta de boca de lobo na rua Rio Claro. Segundo Rosari, quando chove o local vira um rio trazendo transtornos para quem tem que sair a pé de casa. “A rua alaga quando chove, o ponto de ônibus que tem aqui próximo é improvisado, fica em meio a um matagal”, finaliza.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura do Parque dos Poderes pedindo informações em relação à situação da via, mas não houve retorno ao pedido de informações.

“Se quiser andar aqui tem que ser no meio dos carros, porque calçada não tem”, reclama Rafael. “Se quiser andar aqui tem que ser no meio dos carros, porque calçada não tem”, reclama Rafael.
Aqui é um lugar bom para morar, mas precisamos de um pouco mais de atenção das autoridades competentes, disse Rosari."Aqui é um lugar bom para morar, mas precisamos de um pouco mais de atenção das autoridades competentes", disse Rosari.


Aqui são 500 unidades habitacionais. Acredito que o número de famílias seja maior que o descrito na matéria. Além do problemas das calçadas há um problema grave com iluminação pública, além do retorno para entrada na Rua Del. Osmar Camargo.

Iluminação: No trecho da avenida entre a TVE e o Comando das polícias não há nenhum tipo de iluminação. Há muito risco às pessoas que saem para caminhar ou pedalar. Não só por atropelamentos, mas como a via também é esburacada, à noite não tem nem como desviar.

Retorno: Na avenida em frente à TVE tem um retorno que não pode ser usado para ir aos condomínios, é preciso andar até o Comando das polícias para retornar. Inclusive carros oficiais do governo. No caso dos carros oficiais da TVE muitos saem na contramão para poder aproveitar o retorno.
 
Luiz Knauer em 16/02/2013 09:36:14
Quem mora no condomínio gosta de fazer caminhadas ao final da tarde no parque dos poderes, porém é perigoso, pois também não há calçadas no trecho entre a TV Brasil Pantanal e o comando geral da polícia, além de não ter iluminação, que coloca pedestres em risco. Lá é preciso caminhar no canto da rua e os carros correm MUITO naquele trecho, sendo que só há redutor em frente ao TRE, trecho onde a rua é esburacada e já não tem nem como correr. Principal opção de lazer para os moradores do ecoparque, o parque dos poderes está um abandono completo, considerando também as calçadas irregulares próximo às secretarias e governadoria, o principal ponto de caminhada.
 
Anderson Nunes em 15/02/2013 16:30:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions