A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/09/2011 18:03

Salsicha, ovo ou água são suspeitos de ter provocado intoxicação, diz prefeito

Marta Ferreira

Os dois alimentos já foram retirados da merenda após 180 estudantes passarem mal

Escola não teve aulas hoje e previsão é de voltar só semana que vem. (Foto: Simão Nogueira)Escola não teve aulas hoje e previsão é de voltar só semana que vem. (Foto: Simão Nogueira)

De tudo que foi servido ontem aos alunos da escola Iracema Maria Vicente, três itens são os suspeitos de ter provocado o mal estar em 180 crianças, que foram parar em unidades de saúde. O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) informou que a investigação até agora apontou o ovo, a salsicha, e a água que as crianças beberam como os mais prováveis causadores da intoxicação alimentar.

Os estudantes tiveram dor de cabeça, diarréia e vômito. Doze ficaram internados. A Prefeitura abriu sindicância interna, acionou a Polícia Civil para investigar o caso, suspendeu as aulas na escola e determinou a retirada do cardápio dos alimentos suspeitos.

A análise das amostras dos alimentos, que incluem ainda arroz, feijão, salada de repolho e tomate, gelatina e banana, deve sair no começo da semana, informou o prefeito.

Embora a Águas Guariroba tenha informado que testou a água fornecida na escola e não encontrou problemas, o prefeito disse que ela continua sendo investigada. Ele citou a possibilidade de que houvesse cloro em demasia no líquido armazenado.

Foi relatado ao prefeito, também, que a água da caixa que abastece a escola acabou no período da manhã de ontem, e o estabelecimento passou a usar a que vem direto da rua. Além disso, o reservatório, segundo informado, ficou parcialmente aberto.

A Prefeitura também pediu sua própria análise da água para definir o que fez as crianças passarem mal. Quatro continuam internadas, no Hospital Regional. Duas devem receber alta só amanhã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions