ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Santa Casa suspende transplante de rins por tempo indeterminado

Por Francisco Júnior | 28/01/2013 11:46
Transplante de rins está suspendo por tempo indeterminado. (Foto: Francisco Júnior)
Transplante de rins está suspendo por tempo indeterminado. (Foto: Francisco Júnior)

As cirurgias de transplante de rins na Santa Casa de Campo Grande estão suspensas por tempo indeterminado. Documento encaminhado pelo diretor técnico do hospital, Luiz Alberto Kanamura, informa à equipe médica envolvida nos tranplantes e à direção do hospital a paralisação das cirurgias.

De acordo com Kanamura, a paralisação é para que as duas equipes que fazem transplante no hospital padronizem os protocolos  utilizados. Segundo ele, existem diferenças hoje e isso precisa ser corrigido. As diferenças não foram detalhadas. 

Segundo o diretor técnico, uma reunião marcada para está semana irá discutir a padronização dos protocolos. Não há previsão para a retomada dos transplantes.

No documento que informa a suspensão, o diretor justificou a decisão relando “a necessidade da definição de um protocolo interno dos serviços de apoio administrativo e técnico que possibilitará o retorno na realização dos transplantes sem risco par aos pacientes e profissionais que atuam na área”.

Na semana passada, o hospital deixou de fazer duas cirurgias de transplante de rim por falta de um medicamento considerado essencial para o procedimento. De acordo com a Central de Transplantes de Mato Grosso do Sul, as equipes responsáveis pelos transplantes estavam envolvidas na realização do procedimento, que precisou ser abortado pela falta do medicamento Simulect e da substância timoglobulina.

Hoje a fila de espera é de 393 em Mato Grosso do Sul e a Santa Casa é o único hospital do Estado que faz esse tipo de cirurgia. No ano passado, foram realizados 43 transplantes de rins no hospital.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário