A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/02/2015 21:41

Sesau recebe alunos de universidade com projeto de prevenção a DST e Aids

Alan Diógenes

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), por meio do Programa Municipal de DST/HIV/AIDS, recebe os estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) com o Túnel das Sensações, uma ferramenta de trabalho do projeto Saúde e prevenção nas escolas, desenvolvido pelo Ministério da Saúde e coordenado pela Sesau em parceria com o grupo de Extensão Universitária da UFMS. A recepção de volta às aulas acontece na segunda-feira (23), das 8h às 11h30, no corretor do Cento de Ciências Biológicas e da Saúde, na Universidade.

“A ação tem como objetivo conscientizar os jovens quanto ao uso do preservativo e dos riscos das DST”, explica a coordenadora do Programa Municipal de DST/HIV/AIDS, Luciana Caetano Rocha. A mobilização no local inclui ações de prevenção, promoção e atenção à saúde sexual, prevenção à gravidez indesejada e DST.

Luciana explica que o foco da atividade é para os jovens de 10 a 24 anos, em um exercício de caráter dinâmico, sensitivo e lúdico, o que permite o acesso dos jovens à informações adequadas quanto ao uso do preservativo. “Em 2014, foram 237 pessoas atendidas pela rede pública diagnosticadas com o vírus HIV/Aids. Essa abordagem é fundamental para que o nosso trabalho, enquanto programa de prevenção, freie o avanço de casos de transmissão não só da Aids, mas também de outras DSTs em jovens de 13 a 24 anos, que foram destaque em aumento no número de infectados nos últimos anos”, diz Luciana.

O túnel - A participação dos jovens no Túnel das Sensações é dividida em quatro etapas: na inicial ocorre à recepção do participante e a percepção da transmissão das DST, etapa onde o participante é vendado; no segundo momento ocorre a sensibilização onde a pessoa vendada tem uma camisinha colocada no braço e deve descrever as sensações percebidas; já o terceiro momento é a avaliação sobre seus conhecimentos quanto ao cuidado do preservativo e verificação da colocação correta do preservativo masculino; e, por fim, a última etapa é uma conversa paritária onde são esclarecidos os sinais, sintomas, cuidados e o tratamento das DST.

O Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) é uma das ações do Programa Saúde na Escola (PSE), que tem a finalidade de contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde.

A proposta do projeto é realizar ações de promoção da saúde sexual e da saúde reprodutiva de adolescentes e jovens, articulando os setores de saúde e de educação. Com isso, espera-se contribuir para a redução da infecção pelo HIV/DST e dos índices de evasão escolar causada pela gravidez na adolescência (ou juvenil), na população de 10 a 24 anos.

Esse projeto, alicerçado em uma demanda da população, foi implantado nos 26 estados do Brasil, no Distrito Federal e em aproximadamente 600 municípios.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions