A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/09/2013 08:56

Sistema continua fora do ar e Fórum da Capital fica fechado até sexta-feira

Aliny Mary Dias

A suspensão do expediente e o “feriado forçado” de dois dias não foram suficientes para resolver os problemas de migração dos dados do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Conforme portaria divulgada hoje (25), o expediente só volta ao normal na próxima segunda-feira (30). O Fórum ficará fechado hoje, amanhã e sexta-feira.

O sistema de consultas processuais saiu do ar no fim de semana passado e os servidores foram dispensados. O Fórum da Capital passou a funcionar em regime de plantão.

A expectativa era que o sistema voltasse ao normal hoje (25), mas de acordo com a portaria n. 620, o desembargador João Batista da Costa Marques, presidente em exercício do TJMS, os atos processuais foram suspendidos até a próxima sexta-feira, pois não houve tempo suficiente para consertar o sistema de buscas.

Conforme o TJ, os trabalhos para migração dos dados continuam. “Ainda não foi finalizada a migração de todos os dados dos processos no formato eletrônico que correm nas varas do Fórum de Campo Grande, no interior e no Tribunal de Justiça, e que o problema está dificultando inclusive o protocolamento de peças físicas”, consta na nota divulgada.

O telefone para atendimento no plantão cível é o 8478-2214. Já para atendimento no plantão criminal, o telefone é o 8467-9231.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Pelo vistos vocês são mais desinformados do que parecem mesmo. Vocês não entendem que sem sistema NÁO HÁ O QUE FAZER, porque TUDO ESTÁ NO SISTEMA. Alguns Cartórios sáo VIRTUAIS, não há o que fazer pois tudo está no sistema.


Se vocês acham que o TJMS é essa maravilha façam concurso pra lá e se arrependam como eu já me arrependo todos os dias que vou pra lá.

 
Cyro Escobar em 26/09/2013 15:36:02
Júnior Rosa de Souza, leia meu comentário novamente, MEU MARIDO ESTÁ TRABALHANDO NORMALMENTE durante esse período nos processos físicos, fazendo tudo no world para depois passar pro SAJ. A juíza titular da vara onde ele trabalha não dispensou seus assessores nem o pessoal do cartório. E sim, parece recalque, desculpe se a carapuça serviu.
 
Aline Vilela em 26/09/2013 14:21:26
O mais engraçado de toda essa situação é que o sistema não está funcionando direito em todas as comarcas do Estado, mas apenas os servidores de Campo Grande são dispensados do trabalho e ganham "feriado forçado". Os servidores do interior, ainda que não trabalhem, devem cumprir rigorosamente sua carga de trabalho. Esse é o tratamento isonômico!
 
Angelo Carneiro em 25/09/2013 23:25:13
Meu marido esta de plantão todos os dias das 7 da manhã as 19 hs.33173501
 
Lizabete Siqueira em 25/09/2013 22:02:27
Sr Alan e Sra. Aline, sou advogado e concordo plenamente com o Sr. Roberto. Recalque? Não entendi sua colocação. O fato é que o cidadão paga seus impostos, como eu tbm os pago, e quer receber contrapartidas à altura. Se um funcionário do setor privado fica sem sistema ou sem internet, eles vão ao local de serviço trabalhar naquilo que é possível de se fazer. Por que o todo poderoso Poder Judiciário não é assim? Já gozam praticamente 2 férias por ano (recesso de 20 de dezembro a 5 de janeiro), trabalham apenas meio período, em regra, e ainda ficam praticamente uma semana inteira sem trabalhar por conta do sistema? É engraçado, mas o pessoa do Poder Executivo tbm fica sem sistema e sem internet, e nem por isso são dispensados de se apresentarem na repartição. Cadê o TCE?
 
Júnior Rosa de Souza em 25/09/2013 18:19:11
Trabalhar "pouco" como dizem não é pra quem quer..é pra quem pode!!! Estudem e façam o concurso para verem a realidade!!!
 
Júlio Lima em 25/09/2013 14:21:17
Se o sistema não funciona, deveriam pelo menos estar presentes em seus postos de serviços, de alguma forma procurando trabalho. Sem o sistema fica difícil, mas alguma coisa da pra fazer. Muito fácil receber por um dia de serviço sem trabalhar.
 
Alan Borges em 25/09/2013 14:19:04
Sr Roberto Lima Freitas, os funcionários do judiciário trabalham tanto quanto qualquer servidor público, meu marido trabalha 8h por dia em cima de processos, fazendo despachos e está trabalhando hoje mesmo sem o sistema estar funcionando, pois preferiu trabalhar nos processos físicos enquanto não pode mexer nos virtuais. Toda generalização é burra e tamanho ódio contra os servidores do judiciário, cheira a recalque.
 
Aline Vilela em 25/09/2013 12:49:55
Nossa!!!! Eles já trabalham tanto e ainda ficam sem o sistema. Coitadinhos que bom que o sistema saiu do ar assim descansam um pouco porque trabalham muito mesmo né. Ainda bem que os processos são julgados rapidamente então não tem porque se preocupar com essa folguinha que o sistema deu a eles. Judiciário vergonha do Brasil
 
Roberto Lima Freitas em 25/09/2013 10:01:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions