A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/02/2012 15:29

STJ manda soltar Polaco, tido como chefe do contrabando de cigarro

Marta Ferreira

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) concedeu liberdade a Alcides Carlos Grejianin, o Polaco, que está preso em Campo Grande desde novembro do ano passado, quando foi desencadeada a operação Alvorada Voraz. Polaco ainda está na Máxima, mas o alvará de soltura já foi expedido e o advogado dele, Sandro Sérgio Pimentel, aguarda o cumprimento da decisão no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, onde Alcides Grejianin está preso.

De acordo com o defensor, Polaco deve seguir direto para sua casa, em Eldorado. Em Polaco havia pedido à Justiça autorização para realizar uma cirurgia em Londrina (Paraná).

Na solicitação, a defesa informou que ele tem um cisto na região da mandíbula e, antes de ser preso, já havia realizado exames no Paraná para passar pelo procedimento cirúrgico.

Quem é- Polaco é acusado de liderar um esquema criminoso de contrabando de cigarros e pagar propina para policiais militares e a um agente tributário estadual lotado em Brasilândia.

O grupo foi alvo da operação Alvorada Voraz, realizada no dia 23 de novembro, pelo Gaeco, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e PM (Polícia Militar).

À época, foram cumpridos 17 mandados de prisão temporária, 11 civis e 5 militares.

Durante a ação, foram apreendidos 12 veículos, 268 munições de vários calibres, um revólver calibre 38 de propriedade de um policial, um CPU, um notebook e cinco celulares.

A operação foi desencadeada nas cidades de Antonio João, Caracol, Jardim, Porto Murtinho, Campo Grande, Eldorado e Brasilândia, além de Brasília (DF) e Umuarama (PR). A ação reuniu 200 profissionais.



Quero o dinheiro do meu imposto de volta:Pago imposto ,e parte dele é usado pela policia para rastrear e prender bandidos,a policia faz o dever de casa"."Ponto coisa nenhuma,se a policia faz o dever de casa ,o STJ não faz. Portanto quero a parte do meu imposto que foi destinado a quem não faz o dever de casa,ou seja o STJ.
 
Jorge Fontes em 01/03/2012 09:06:58
Certifico e dou fé que em cumprimento ao mandado de Reintegração de Posse,
diligenciei no endereço mencionado no mandado, inclusive final de semana e não encontrei o veículo descrito no mandado, também não encontrei João Carlos Leguizamon encontrando o imovel sempre fechado, bati palmas várias vezes e ninguém atendeu, estando esgotado o prazo deixei de proceder outras diligencias.
 
anderson lima em 01/03/2012 08:09:00
To indo ao Paraguai buscar cigarro,se me pegarem seri solto mesmo, vou ficar rico igual ao tio Polaco.
 
toniel barbosa em 01/03/2012 07:44:16
I-N-A-C-R-E-D-I-T-A-V-E-L... perdemos completamente...que justiça...
 
jeferson canedo em 01/03/2012 05:34:09
Eu já sabia, Eu já sabia, essa é nossa Justiça este é meu Pais !
 
Thiago Mussi em 29/02/2012 11:31:08
Senhores do Comentários; Este sim seria caso da Senhora Ministra ELIANE CALMON averiguar a primeira sentença aonde foi negado o pedido e a segunda concedida ai sim ela poderá achar as diferenças do jogos dos "sete erros",. não é a lei que condena são as virgulas que estão erradas.KKKKKKKKKKKKK
 
Sebastião Vieira de Morais em 29/02/2012 10:37:57
cigarro contrabandeado no Brasil,pelo visto não é mais crime,pois a justiça liberou o chefão.
ta ai o exemplo pra vcs traficantes e contrabandistas,podem traficar a vontade que NÃO DA NADA!.
 
Fernando Barros em 29/02/2012 10:35:35
é brincadeira uma coisa dessas . a policia prende ea justiça solta. a menos que seja um pobre ai sim é diferente .
" uns sao mais iguais que outros". brasil
 
janilson cavalcante em 29/02/2012 09:33:34
É por essas e outras que a fronteira do MS virou um paraíso para os contrabandistas; certeza de impunidade; judiciário no mínimo condescendente com esta prática criminosa e lucros exorbitantes.....acrescente a isso o grande envolvimento de autoridades e seus agentes....resultado: "O crime compensa sim". Sem querer profetizar... a tendência é só piorar.
 
marcio leite em 29/02/2012 08:32:34
O maior contrabandista de Cigarro do Estado, já esta solto, tem dinheiro para contratar bons advogados, isto é uma vergonha, cadê a justiça, tem que tomar tudo o que ele tem mais a dos laranjas para invstir em educação e etc!! cadê!!
 
Valter Vieira Alves em 29/02/2012 08:31:50
E outra, a grana que da contrabando, e pena de 1 a 4 anos. A lei incentiva a contrabandear toneladas, pq, se não fizer, a própria lei da o aval para qualquer um te chamar de burro! Infelizmente, esperto é o Polaco.
 
Marco Antonio em 29/02/2012 07:06:51
É PARA A SOCIEDADE ENTENDER, QUE A LEI CRIMINAL BRASILEIRA, AINDA É DE 1940, DE LÁ PARA CÁ, DIVERSOS DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES, QUE TERIAM A OBRIGAÇÃO DE ATUALIZAREM O CÓDIGO PENAL, NÃO DERAM BOLA, PARA ISSO, E SEM LEI O JUDICIÁRIO E EXECUTIVO, NÃO PODE FAZER NADA, A NÃO SER CUMPRIR COM AS LEIS EXISTENTES, FALE COM SEU DEPUTADO FEDERAL E SEU SENADOR, SOBRE ISSO.
 
PEDRO BRAGA em 29/02/2012 05:45:44
É... creio que isso é mais uma prova de que realmente o crime dessa natureza compenssa, mas se ele tivesse sido arrancando casca de uma arvore pra fazer remedio com certeza estaria preso sem direito a fiança, é nessas horas que fico com vergonha da justiça brasileira, porque há tantas brechas nessas leis? brechas que só benefeciam os que tem grandes posses ou as costas quentes.um dia isso acaba!!
 
GEVALDO SAORES em 29/02/2012 04:47:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions