A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/06/2014 09:32

Suspeito de matar pedreiro que andava nu desiste de se apresentar à Polícia

Francisco Júnior

Vanderson Escobar Xavier, 43 anos, suspeito de matar o pedreiro Hugo Neves Ferreira, 45 anos, após confundi-lo com um estuprador no bairro Aero Rancho, desistiu de se apresentar à Polícia e já considerado um foragido. O crime aconteceu no dia 14 de maio deste ano.

De acordo com Amilton Ferreira, advogado que o representava, Vanderson não entra em contato com ele há dias e por isso desisti do caso. Era para o suspeito se apresentar na 5ª, responsável pela investigação, no dia 3 de junho, porém não apareceu. Desde o dia do crime até esta segunda-feira (23) já são 41 dias.

Crime - Conforme a investigação, na noite daquele dia, a vítima depois de brigar com a espoa, pulou o muro da residência, mas sua bermuda e a cueca enroscaram em um ferro. Ele que já estava sem camiseta, ficou perambulando pela rua totalmente pelado. A mulher de Vanderson quando viu o homem, imaginou que ele era um estuprador e ligou para o suspeito. Vanderson chegou, parou o carro, desceu e começou a agredir a vítima até a morte.

Populares que presenciaram o fato também disseram que dois adolescentes avistaram Hugo andando pela rua pelado, correram atrás dele e lhe deram uma rasteira para contê-lo. Em seguida ligaram para a Polícia. Após esse momento, é que Vanderson chegou e agrediu a vítima. A Polícia já descartou o envolvimento dos adolescentes no crime.

O suspeito teria usado uma barra de ferro para ferir a vítima, que ainda chegou a ser levada para o hospital, mas morreu um dia depois.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions