A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/01/2012 20:04

"Vamos reconstruir", diz prefeito, após percorrer cidade em meio à chuva

Marta Ferreira
Prefeito observa rachadura em barragem no córrego Sóter, na Via Parque. (Foto: João Garrigó)Prefeito observa rachadura em barragem no córrego Sóter, na Via Parque. (Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), percorreu a cidade para ver a extensão dos estragos provocados pela forte chuva que, pelo segundo dia seguido, provocou estragos em diversas regiões. "Vamos reconstruir", disse, sobre os prejuízos provocados, que ainda estão sendo contabilizados.

Um dos maiores estragos foi na obra prestes a ser inaugurada no entorno do shopping, justamente para combater o problema das enchentes. Em entrevista à TV Morena, o prefeito disse que a via vai ser recomposta e que a empreiteira responsável já foi alertada de que o município não terá gasto extra.

A chuva fez córregos transbordarem, interditou o trânsito em vias da região central, provocou alagamentos em casas, arrastou veículos e provocou desmoronamento na obra viária na região do Shopping Campo Grande que estava prevista para ser inaugurada no sábado.

O prefeito percorreu a região, passou pela Ernesto Geisel, onde a chuva também provocou estragos, e outros pontos. Na avenida Via Parque, o prefeito pôde conferir que a força da água provocou uma rachadura na barragem, feita justamente para conter.

De acordo com o secretário de Governo, Rodrigo Aquino, a primeira providência, após a chuva torrencial começar, veio da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), que interditou trechos onde a passagem estava perigosa.

Outra providência, conforme Rodrigo, foi acionar as equipes de limpeza da Secretaria de Infra-Estrutura, Transporte e Habitação para retirar a sujeira que ficou nas vias onde houve alagamento.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Agora Sr Prefeito....queremos ver até onde voce vai cumprir com suas obrigações...o rapaz deixou 2 crianças......e outra se ele passou no local com ou sem chuva é por que ele é trabalhador...e trabalhador tem hora para cumprir...os que mais sofrem com tudo isso são os que tem que levantar cedo para sustentar a familia, não pode esperar a chuva passar!!!!!O Sr anda de moto? Tem hora para cumprir?
 
Gabriela Fattori em 30/01/2012 10:42:07
Procuramos a prefeitura na sexta feira pedindo atenção para o enterro e velório do Milton Teixeira o motociclista morto! Me passaram para assistente social....o serviço oferecido não cobre nem o formol no corpo para velar....os familiares teriam que passar por uma entrevista para ver se teriam direito aos serviços da prefeitura..no fim das contas tivemos que pagar tudo! E o nosso IPTU em dia!!!!
 
Gabriela Fattori em 30/01/2012 10:39:15
o prefeito percorreu a cidade ? que legal parabéns !!!
sera que ele foi lá aonde o motociclista foi tragado pelo bueiro ? ( sem tampas )
sera que ele disse a mesma frase que diz sempre ? ( foi uma fatalidade ) kkkkkkk
e agora ele diz vamos reconstruir a cidade os pontos estragados !! mas, eu pergunto .
e a vida do motoqueiro que morreu ? ele pagou impostos para morrer num bueiro igual rato .
 
alex kazuo em 27/01/2012 12:56:51
Claro Sr. Prefeito, vamos sim reconstruir, mas e a vida que foi perdida na tarde de hoje por problemas de infra-estrutura?
 
Gabriel Pereira em 27/01/2012 12:52:04
Sr. Prefeito, se não se importa, o aumento no IPTU foi justificado baseado nas obras, qualificadas de "benfeitorias", então... se não se importa, pode por favor devolver nosso dinheiro?
 
Graziela Calegaro em 27/01/2012 09:57:02
Ontem eu comentei que deveríamos esperar a próxima chuva forte, para ver se as obras que a Prefeitura inauguraria, realmente tinham qualidade. Infelizmente as obras se dissolveram e alem de nossos impostos serem mal aplicados, ainda temos prejuízos pela não conclusão delas. Enquanto isso, mansões que parecem bunkers, são erguidas para a benesse dessas raposas.
 
valter oliveira em 27/01/2012 09:51:13
Com a natureza ninguém pode, poderia ser a obra melhor do mundo, nem prefeito, nem presidente, só Deus!! O Nelsinho está fazendo o melhor dentro das condições possíveis...
 
Daniele Nagy em 27/01/2012 09:47:00
É COMPANHEIROS, SER PREFEITO, PAI, JUÍZ, PADRE, PASTOR, PRESIDENTE, ENFIM QUANTO MAIOR O ESCALÃO MAIS RESPONSABILIDADE, AINDA MAIS QUANDO SE TRATA DE POLÍTICA BRASILEIRA, O POVO SÓ TEM DIREITO, OS ADMINISTRADORES SÓ OBRIGAÇÃO, POR ISSO JÁ SÃO ASSALARIADOS, SÓ DEVE COBRAR O POVO, QUE ELES SE ATUALIZEM, POIS A POPULAÇÃO SE ATUALIZOU E OS POLÍTICOS, NÃO, E DAÍ, VAI CONTINUAR ASSIM, É PREJUÍZO.
 
PEDRO BRAGA em 27/01/2012 09:34:15
E facil falar, "Vamos reconstruir", vai lá faz um serviço porco, gasta milhoes( toda obra publica sempre fica na casa dos milhoes, por que será né!?), vem a chuva leva tudo e refaz depois, não sai do bolso dele.
 
ana oliveira em 27/01/2012 09:09:01
Fico pensando, que todas essas obras deveriam ser reprovadas, pois não foram realizadas justamente para conter as enchentes? Tá faltando alguma coisa na equipe que avalia estes projetos, não acham?

Mário Rosa
 
Mário Rosa da Silva em 27/01/2012 08:47:02
Esse povo SENHOR são igual os que Moises levava para terra prometida. Querem resultado, mas não querem trabalho.
Prefeito quando fazerem perguntas idiota fala que o sr. vai falar p/ chuva parar, que o sr. tem que arrumar tudo que a população não zela, tirar o lixo dos bueiros e passar super bond nas tampas p/ os zelosos não arrancarem, limpar as margens dos córregos. Cuidar dos imprudentes...
 
elaine estadulho em 27/01/2012 07:39:24
A cidade podemos reconstruir realmente, agora a vida do jovem motoqueiro que morreu ao cair no bueiro do Bairro Universitária não se pode resolver!!ABSURDO
 
Ketryn Cristina Dias em 27/01/2012 02:31:08
Queiram me desculpar, mas será que o projetista do sistema de Drenagem não deveria ser preso e responsabilizado?
Se a empreiteira executou a obra conforme projeto, por que exigir que elas arquem com as despesas?
 
Jair fagundes Germano em 27/01/2012 01:25:36
Nao deve ser facil administrar essa cidade com tantos problemas. Parabens nelsinho estamos vendo vc trabalhar cada vez mais e melhorar nossa cidade morena! Estamos contigo te apoiando nessa luta. Vamos rumo a 2014
 
Renato amorin em 26/01/2012 11:20:53
Semana passada o prefeito disse que "pra destruir a nova obra em torno do shopping, só se caísse em Campo Grande uma chuva que nunca caiu antes"... Tá bom assim, prefeito???
 
Liliane Oliveira em 26/01/2012 11:20:00
A barragem da via do soter rompeu por erro de calculo ou por que foi construida de forma equivocada, acredito que o CREA devesse verificar isso, pois não tem 12 meses a obra e a empreiteira poderá alegar outra coisa... quem pagará a conta, o serviço que não prestou ou o contribuinte.
 
paulo cezar santos do valle em 26/01/2012 11:10:08
Estas fotos são um excelente registro publicitário do IPTU. Registra bem a incompetência deste atual governante municipal.
 
zuleide moura em 26/01/2012 11:09:55
Apesar do repórter do jornal da globo ficar alfinetando nosso prefeito durante a entrevista, que eu achei totalmente desnecessário, dou todo meu apoio ao Nelsinho, essa chuva torrencial é uma fatalidade, culpa da natureza, não do prefeito. As pessoas só sabem reclamar dos outros, ele está trabalhando para melhorar nossa cidade..parabéns ao prefeito por todo o esforço e trabalho árduo...
 
Daniele Nagy em 26/01/2012 10:52:31
Não sou fã de política e nem tomo partido... porem parabenizo o prefeito pela atitude... "vamos reconstruir" é assim que se fala.... Sou Campo Grande de coração, sempre!!
 
Guilherme Rocha em 26/01/2012 10:45:10
Olha nem sei o que dizer de tudo isso ver a cidade nesta situação sinto pelas pessoas que trabalham e moram nesta região pois já sofreram no período da obras com inúmeros retornos e agora isso e sem contar que é o dinheiro do contribuinte como podemos ser a capital do turismo com esta situação .
 
SANDRA DA SILVA em 26/01/2012 10:40:21
moro em campo grande há 18 anos e ja presenciei muita chuva forte ate mais densa do que estas de hoje, o leito do rio nao pode ser bloqueado, Deus fez o rio sem barreiras . mas alguns engenheiros acham que podem ser melhores do que Deus e inventam estas barragens, isso é um absurdo .

A solução é simplesmente derrubar todas as barragens e fazer com que estes engenheiros paguem os estragos.......
 
vitor hugo em 26/01/2012 10:39:29
Vi o prefeito na TV dizendo que vai reconstruir.
Vai reconstruir o que foi mal feito, mal dimensionado.
Mas acho que isso que a adm. publica deseja.
Pois assim tem duas formas de tirar os 20%
 
José Carlos de Almeida em 26/01/2012 10:34:50
sou construtor tenho uma empreitera, gostaria de saber porque contratam estas empresas que nao fazem serviço direito e levam o nosso dinheiro , muito dinheiro para pouco serviço.
se alguem de competencia que for ler este anuncio contrata minha empresa que resolvo este proplema.
a soluçao é muito simples mas as empreiteiras fazem muito drama para construir...

mais detalhes fone: 67-9122 4438
 
vitor hugo da cruz arenales em 26/01/2012 10:29:22
não gente vamos pagar o iptu em dia é uma beleza morar em campo grande, o iptu é para todos!!!!
 
sandra lima em 26/01/2012 10:14:57
A CIDADE TODA TA SENDO ALERTADA DESDE AGOSTO, DAS FORTES CHUVAS, DE ERNESTO GEISEL QUE NAO FEZ A OBRA, E MUITO OUTRO AVISOS. DAI VEM O PREFEITO COM CARINHA DE COITADO E BONZINHO... VAMOS RECONSTRUIR...O NEGOCIO DELE É MESMO REMEDIAR, A QUE PREVENIR. HIPOCRITA QUE FICA GASTANDO O DINHEIRO PUBLICO E O POVO SOFRENDO. A BELA CASA DELE TA INTACTA NÉ?
 
LUCIANO MARQUES em 26/01/2012 10:10:13
ESSA BARAGEM DA VIA PARQ FOI FEITA COM MATERIAL DE SEGUNDA PARA CAIR DESSE JEITO
 
clodoaldo justin em 26/01/2012 10:07:47
Ele se equivocou, não quis dizer vamos reconstruir e sim vamos fazer mais "gambiarras"
 
joão carlos veiga em 26/01/2012 09:56:22
ou seja: quantos ainda será precisa, dos cofres públicos, para a inauguração desta obra. Temos um tempo suficiente de estiagem para colocar tais obras em dia. Será que não deu tempo? Sugiro começar mais cedo.
 
Gilvano Rodrigues Marques em 26/01/2012 09:40:15
Aqui no Cabreúva mais uma vez não foi diferente, transito parado, Avenida Ernesto Geisel com Euller de Azevedo inundada e até um ônibus ficou atolado ao tentar cruzar a enchente.
Caso queiram tenho mais imagens!
 
Oswaldo Junior em 26/01/2012 09:37:59
Olha eu não sou engenheiro, mas, fazer uma barragem com placas de pre-moldado é brincadeira, a quantidade de agua que desce pelo soter em dias de chuva como a de hoje, não vai ser umas plaquinhas de concreto que vai segurar. Vamos valorizar o dinheiro publico ,
 
Antonio Ribeiro em 26/01/2012 09:32:02
"VAMOS RECONSTRUIR" . Só tenho uma coisa a dizer..... "AI MEU BOLSO"...
 
Osóri Corrêa de Almeida em 26/01/2012 09:29:52
Eu passo quase todos os dias na Via Park e fazia torcida para que esta obra pudesse conter a água. Mas, como sempre, a mãe natureza é impiedosa diante do que já fizemos a ela e nos dá um troco muito mais forte do que podemos esperar...
 
LUCIANO AZAMBUJA em 26/01/2012 09:23:16
A Prefeitura deve responsabilizar o engenheiro que projetou a barragem. Quem faz mal feito, faz mais de uma vez. E o dinheiro público, vai pela enxurrada.......
 
Alvaro Morais em 26/01/2012 09:22:43
Não consigo entender o que ocorre, uma vez que todos os anos, durante o ano todo, observamos obras em vários locais da cidade visando a contenção das enchentes. No entanto, todos os anos, nessa época, temos os mesmos problemas e as obras realizadas se mostram ineficazes e são levadas pela chuva. Até quando? Quem fiscaliza isso? Para onde vai nosso dinheiro? É preocupante. Gostaria de respostas.
 
CELSO MENEZES em 26/01/2012 09:03:15
Estava em um local comprometido destes. Se chover por uma semana aqui,DIRETO,estaremos todos mortos, soterrados, alagados ou qualquer coisa que tenha a ver com água e encharcamento. Mofaremos no meio de obras que custaram nosso dinheiro mas que parecem não servir para absolutamente nada. É injustificável essa situação. INACEITÁVEL.Não tem de reconstruir... teria de ter construído competentemente.
 
Madalena Sortioli em 26/01/2012 08:57:18
Dica: abaixar o valor do IPTU, pq a cada ano sobe e não vemos o resultado de tanto """investimento""".
 
César Silva em 26/01/2012 08:40:08
"Vamos reconstruir", e o povo vai pagar. Podia pelo menos arrumar gente competente para resolver isso.
 
Alex Oliveira em 26/01/2012 08:38:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions