ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Vizinhos reclamam de algazarra no entorno de bar do Jardim dos Estados

Segundo relatos de moradores, já houve dias de aglomerar cerca de 300 pessoas em volta do estabelcimento

Por Viviane Oliveira | 17/10/2020 12:19
Aglomeração e algazarra entorno de bar, localizado no Jardim dos Estados (Foto: reprodução/vídeo) 
Aglomeração e algazarra entorno de bar, localizado no Jardim dos Estados (Foto: reprodução/vídeo)

Vizinhos reclamam de algazarra e aglomeração entorno do Bar Paraíba 73, localizado na rua com mesmo nome, no Jardim dos Estados, em Campo Grande. Na madrugada deste sábado (17), moradora precisou da ajuda da Polícia Militar para entrar em casa porque havia carro estacionado em frente à garagem impedindo a saída e a entrada de veículos.

“Era por volta das 2h, quando tentava entrar em casa e não conseguia”, lamentou uma vizinha de 29 anos, que pediu não ter o nome divulgado. Segundo ela, os clientes ficam no local com carro de som até as 3h perturbando quem precisa descansar e a situação já se arrasta há mais de 1 ano. "A polícia vai lá, dispersa, mas depois eles voltam".

Como o bar é pequeno, conforme relatos da moradora, os clientes vão para a rua com garrafas de bebidas, ficam nas esquinas das casas ou sentados em cima dos muros de residências, que são baixos, fazem xixi na porta de outros comércios e até picham paredes. Segundo relatos, quando o morador pede para tirar o carro da frente da garagem, acaba, muitas vezes, sendo xingado pelo motorista.

Segundo relatos de vizinhos, já houve dias de aglomerar cerca de 300 pessoas em volta do bar. Em uma das casas, de acordo com a denúncia, mora um idoso de 75 anos, que não consegue dormir por causa do barulho. “Vocês têm família? Avós? Idosos? Vergonha na cara? Tô cansada de pedir ajuda para vocês. Eu preciso ser coagida para conseguir entrar em casa”, desabafou uma moradora na rede social.

Os proprietários já foram comunicados sobre a situação, mas segundo relatos não resolveram o problema. O Campo Grande News tentou falar com o responsável pelo bar, mas as ligações não foram atendidas. Assista, abaixo, ao vídeo.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário