A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

31/12/2017 18:06

Codesul aprova proposta de MS para mapear situação da mulher na fronteira

Será montado um grupo de trabalho com integrantes dos quatro estados

Leonardo Rocha

A Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, vinculada ao governo estadual, conseguiu aprovar uma proposta no Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração da Região Sul), que defende o mapeamento da violência contra a mulher, na região de fronteira.

A proposta tinha sido colocada em pauta na última reunião do Codesul, que foi realizada no começo do mês, em Porto Alegre (RS). O objetivo principal é conseguir um "diagnóstico" de como vivem as mulheres nesta faixa de fronteira, que em Mato Grosso do Sul, faz divisa com Paraguai e Bolívia.

Um dos principais problemas é a utilização de meninas como "mulas" do tráfico de drogas, "Levamos esse problema ao Conselho e percebemos que era uma preocupação comum a todos os estados”, explicou a subsecretária da Mulher, Luciana Azambuja.

Ela ponderou que este mapeamento poderá contribuir para "melhorar a realidade" destas mulheres, assim como dar outras opções para o desenvolvimento econômico e social das cidades que fazem parte desta faixa.

Com a aprovação da proposta, foi editada uma resolução para formar um grupo de trabalho, com representantes dos estados, que trabalham neste setor de defesa dos direitos das mulheres. o Codesul tem como membros: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions