A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

14/06/2009 12:36

Corpo de operário estava preso à patrola no rio Paraguai

Redação

Foi encontrado hoje, por volta das 12h30, o corpo do operário Eumadan Alves de Souza, 44 anos, desaparecido desde o dia 8 no rio Paraguai, em Porto Murtinho, cidade distante 484 quilômetros de Campo Grande. Eumadan estava preso à patrola que havia caído no rio e se encontrava a 15 metros abaixo da água.

Conforme informações do chefe da operação, capitão bombeiro militar Frederik Caldeira da Rocha, Eumadan foi encontrado preso às ferragens da pá carregadeira. No momento em que o navio reboque lançou guindaste para puxar a patrola, o corpo boiou.

O operário caiu com a patrola de 15 toneladas quando trabalhava na obra de complementação da recuperação da proteção do dique de Porto Murtinho (orçada em R$ 2.895.010,88). Pelo fato de ter permanecido seis dias no rio, o corpo de Eumadan não estava em decomposição, só inchado, segundo o bombeiro.

O guindaste era para ter chegado sexta-feira na cidade, mas chegou apenas ontem

Estados e municípios são os que mais contribuem para sustentar SUS
Entre 2002 e 2015, o governo federal foi a esfera de gestão que mais utilizou recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), seguido pela esfera municipal...
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar até R$ 38 milhões no sábado
O prêmio da Mega-Sena acumulou mais uma vez, depois do sorteio desta noite (20) e pode pagar até R$ 38 milhões, na próxima rodada. As sequências sort...
Ações sobre auxílio-moradia voltam ao STF depois de conciliação falhar
Diante da falta de conciliação com representantes de magistrados, a AGU (Advocacia-Geral da União) devolveu ao STF (Supremo Tribunal Federal) process...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions