A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

14/06/2009 12:36

Corpo de operário estava preso à patrola no rio Paraguai

Redação

Foi encontrado hoje, por volta das 12h30, o corpo do operário Eumadan Alves de Souza, 44 anos, desaparecido desde o dia 8 no rio Paraguai, em Porto Murtinho, cidade distante 484 quilômetros de Campo Grande. Eumadan estava preso à patrola que havia caído no rio e se encontrava a 15 metros abaixo da água.

Conforme informações do chefe da operação, capitão bombeiro militar Frederik Caldeira da Rocha, Eumadan foi encontrado preso às ferragens da pá carregadeira. No momento em que o navio reboque lançou guindaste para puxar a patrola, o corpo boiou.

O operário caiu com a patrola de 15 toneladas quando trabalhava na obra de complementação da recuperação da proteção do dique de Porto Murtinho (orçada em R$ 2.895.010,88). Pelo fato de ter permanecido seis dias no rio, o corpo de Eumadan não estava em decomposição, só inchado, segundo o bombeiro.

O guindaste era para ter chegado sexta-feira na cidade, mas chegou apenas ontem

Ouvidor da Funai faz pedido para PF investigar ONGs e índios em MS
Investigar indígenas e ONGs (Organizações não governamentais) que estariam cooptando para conflitos mulheres, crianças e idosos em Mato Grosso do Sul...
Justiça estadual determina que Vivo pague indenização de R$ 5 milhões
A empresa telefônica Vivo foi condenada pela Justiça estadual a pagar R$ 5 milhões em indenização por falha na prestação de serviço de telefonia móve...
Plano de contingência e programa de combate ao Aedes aegypti são lançados
A SES (Secretaria de Estado de Saúde) lançou nesta quinta-feira (23) o Plano Estadual de Contingência ao Aedes aegypti, mosquito causador de doenças ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions