A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/11/2010 18:02

Corpos de desaparecidos tinham sinais de tortura

Redação

Os corpos encontrados nesta tarde em uma cova rasa próxima a um pesqueiro de Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande, apresentavam sinais de tortura e tinham as mãos e pés amarrados.

Conforme a Polícia Civil, foram dois e não três os corpos encontrados, diferente do que havia sido divulgado anteriormente.

José Helio Louvandoski Toniazo, de 50 anos, e seu filho Maicon Helio Marques Louvandoski, de 24 anos, levaram dois tiros na cabeça cada um, conforme informações preliminares divulgadas pela Polícia. Eles ainda serão submetidos a exame necroscópico.

Ainda falta localizar Manuel Leal Araújo, de 37 anos, que desapareceu com José e Maicon no dia 7 de setembro.

Segundo a Polícia, os corpos foram encontrados após a prisão de um homem de 44 anos, cujo nome não foi informado, que diz ter presenciado o crime e indicou a localização das covas. Ele alega não saber onde está o corpo de Manuel.

Para a Polícia, ele participou da ocultação dos cadáveres. (Com informações do site Dourados News)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions