A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

19/06/2017 20:14

Corpus Christi da PMA termina com redução de infrações e apreensões

Nyelder Rodrigues
Fiscalização contou com 270 homens e fez diversas abordagens durante o feriado prolongado (Foto: Divulgação/PMA)Fiscalização contou com 270 homens e fez diversas abordagens durante o feriado prolongado (Foto: Divulgação/PMA)

Foi encerrado na manhã desta segunda-feira (19) mais uma edição da Operação Corpus Christi da PMA (Polícia Militar Ambiental), que empregou 270 homens em fiscalização reforçada em rodovias, área rural e rios de Mato Grosso do Sul. Neste ano, houve redução de números e poucos pescadores flagrados.

Os trabalhos deste ano resultaram na aplicação de 12 autuações, que renderam R$ 15 mil em multas - em 2016 foram R$ 42 mil. Destas, sete foram por pesca ilegal, sendo duas pessoas presas por pesca predatória e cinco foram por pesca sem licença.

As demais infrações flagradas foram uma por transporte ilegal de madeira, outra por caça ilegal, duas por desmatamento e uma por transporte de produto perigoso ilegalmente, no caso de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

Foram apreendidos 22 kg de pescado - contra 27 kg na operação do ano passado - e vários petrechos proibidos, como anzóis de galho (187 em 2017 contra 124 em 2016) e redes de pesca (11 contra quatro).

Com relação a crimes de natureza diferente à ambiental, houve a prisão de duas pessoas por porte e posse ilegal de arma. O valor de multas aplicadas em 2017 é o menor verificado desde 2009, segundo os dados da PMA.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions