A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/04/2010 15:49

Delcídio fala sobre pré-sal amanhã na Assembleia

Redação

O senador Delcídio do Amaral (PT) será o palestrante da audiência pública que discutirá os impactos do pré-sal na economia sul-mato-grossense, nesta segunda-feira, às 9 horas, na Assembleia Legislativa.

Delcídio, que é engenheiro e já ocupou cargos de direção em empresas estatais e multinacionais nos setores de energia e mineração, abordará a importância do pré-sal para o Brasil e os esforços que estão sendo feitos no governo federal e no Congresso Nacional para garantir que parte dos recursos advindos com a venda do petróleo do pré-sal seja investida nas áreas de educação, saúde e assistência social em todos os estados.

Promovida pela Assembleia Legislativa, por sugestão do deputado estadual Paulo Duarte (PT), a audiência pública pretende inserir o Estado na discussão nacional sobre a divisão dos royalties do petróleo da chamada camada do pré-sal.

A área é formada por reservatórios que vão desde o litoral do Espírito Santo a Santa Catarina, ao longo de 800 quilômetros de extensão por até 200 quilômetros de largura, em lâmina d'água que varia entre 1,5 mil e 3 mil metros e soterramento entre 3 mil e 4 mil metros.

A estimativa é que a camada tenha uma capacidade inicial de pelo menos 70 bilhões de barris de óleo, o que, se for confirmado, vai colocar o Brasil entre os maiores produtores de petróleo do mundo.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions