A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/09/2011 15:12

Distribuidores vão discutir adulteração e reajuste no preço do gás de cozinha

Marco Antonio Brito
Gás pode estar sendo adulterado, incluindo água na mistura. (Foto: Marcelo Vitor)Gás pode estar sendo adulterado, incluindo água na mistura. (Foto: Marcelo Vitor)

Proprietários e representantes das distribuidoras de gás da capital devem se reunir neste sábado, a partir das 20h, no Carandá Bosque, para discutir o reajuste no preço do gás de cozinha e como o aumento será repassado ao consumidor. Em pauta também, a adulteração no gás revendido à população que, segundo denúncias entregues às distribuidoras, estaria sendo misturado com água para burlar a fiscalização.

Da reunião de amanhã (03) devem participar, além dos distribuidores, também representantes de revendedoras do produto na capital e alguns consumidores. As distribuidoras querem avaliar melhor as denúncias de adulteração e também chegar um consenso quanto ao reajuste no preço do gás, cujo índice ainda não estám definido.

Neusa Leal, uma das coordenadoras do encontro, disse hoje (02), em entrevista ao Campo Grande News, que os distribuidores não sabem ainda como será aplicado o reajuste, nem quando ou quanto. Sobre a adulteração no gás de cozinha vendido ao consumidor, ela ressaltou que a denúncia é antiga e que já teria sido apresentada ao sindicato da categoria e ao Ministério Público Estadual, porém, nada ainda teria sido apurado.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Gente, aí está um assunto de grande importância para o consumidor. Já que é denunciado a tanto tempo, porque não houve interesse de vereadores, deputados, ministério público, Procon, etc... investigarem a denuncia. Velho ditado popular: "Onde há fumaça existe fogo" . Dento dito.
 
João Alves de Souza em 03/09/2011 05:10:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions