A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/04/2010 10:03

Dono de casa de tintas e pintor são suspeitos de golpes

Redação

A Polícia Civil deteve um pintor e proprietário da Campo Grande Tintas, loja localizada na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Grande. Eles serão investigados por estelionato.

O esquema começou a ser descoberto hoje pela manhã, quando uma mulher que havia contratado o pintor recebeu a informação de que o funcionário furtou caixas de grafiato.

Hoje pela manhã, o delegado Fábio Peró foi ao condomínio de onde as caixas foram levadas, no Bairro Santa Luzia. No local, ele encontrou o pintor Marcos Andrei Ferreira Pedro.

Marcos revelou ao delegado o local onde havia distribuído as caixas, 13 delas foram recuperadas, no entanto, cerca de 20 foram subtraídas da vítima.

O pintor então contou todo o esquema. Segundo o delegado apurou, Marcos, quando contratado, indicava a casa de tintas e os serviços de José Messias de Oliveira Cruz, conhecido por Messias.

O comerciante ia à casa dos contratantes e fazia a medição do montante de tintas a ser comprado. Neste caso, por exemplo, a venda equivale ao dobro do necessário para a pintura.

Fábio Peró explica ainda que quatro caixas furtadas pelo pintor foram vendidas novamente para Messias, por valor abaixo do mercado.

O delegado explica que, a partir da detenção do pintor, conseguiu identificar três compradores. No entanto, as pessoas compraram uma caixa cada uma e elas não sabiam que eram produtos de crime.

Para convencer as pessoas a comprarem as tintas, Marcos dizia que eram sobras de construções doadas pelos patrões. Marcos e Messias foram detidos e estão na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde prestam depoimento.

Será instaurado inquérito e eles poderão ser indiciados por estelionato.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions