A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

23/10/2018 16:15

Em 10 anos, número de leitos públicos caiu 12,5% em MS

Na Capital a redução é de 12,2%. Enquanto há 10 anos eram 1.411 leitos disponíveis, neste ano são 1.238

Gabriel Neris
Número de leitos hospitalares caiu no Estado e na Capital em dez anos (Foto: Arquivo)Número de leitos hospitalares caiu no Estado e na Capital em dez anos (Foto: Arquivo)

Mato Grosso do Sul fechou 12,5% dos leitos hospitalares no SUS (Sistema Único de Saúde) nos últimos 10 anos. O levantamento do CNM (Conselho Nacional de Municípios) aponta que em 2008 o Estado conta contava com 4.087 leitos, enquanto em 2018 são 3.576, 511 leitos a menos disponíveis para os pacientes.

O percentual é praticamente proporcional nos números de Campo Grande e do interior do Estado. Na Capital, a redução é de 12,2%. Enquanto há 10 anos eram 1.411 leitos disponíveis, neste ano, segundo o estudo, são 1.238, o que significa 173 a menos.

Campo Grande aparece com o terceiro pior desempenho entre capitais da região Centro-Oeste. Cuiabá apresentou aumento de 31,85% nos leitos. Brasília e Goiânia tiveram queda de 10,14% e 19,77%, respectivamente.

No interior do Estado, a queda nos leitos públicos é de 12,6%. Em 2008, eram 2.676 leitos e neste ano são 2.338, ou seja, 338 leitos foram fechados neste período.

Problemas - Em relatório, o CNM afirma que “o sistema de saúde brasileiro não está fortalecido para a desabilitação progressiva de parte dos leitos hospitalares. A regionalização e a regulação ainda se mostram incipientes tendo em vista, entre outros fatores, o volume de ações judiciais e vazios assistenciais nas diversas regiões do país”.

A entidade aponta ainda que os usuários têm esperado meses por leitos hospitalares, procedimentos cirúrgicos e exames. “Desativar leitos por questões alheias à necessidade loco-regional, tende a mostrar-se incapaz de reduzir a demanda reprimida por internações”, completa o texto.

Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 38 milhões na quarta
Ninguém acertou as seis dezenas da sorte na noite deste sábado (19) e o prêmio da Mega-Sena acumulou em R$ 38 milhões. O próximo sorteio está previst...
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions