A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/04/2010 08:10

Em MS, 270 mil hectares de mata nativa viraram carvão

Redação

Cerca de 270 mil hectares de vegetação nativa de Mato Grosso do Sul, o equivalente a duas vezes o território da cidade de São Paulo, desapareceram nos últimos três anos para abastecer a produção de carvão vegetal. A extração é concentrada na região de planalto do Pantanal.

Conforme reportagem do jornal Folha de São Paulo, a estimativa foi feita pelo Ibama e levou em conta a demanda utilizada pelas indústrias no período e as informações sobre movimentação de cargas contidas nas guias do DOF (Documento de Origem Florestal).

Entre 2007 e 2009, segundo o Ibama, Mato Grosso do Sul movimentou 8,6 milhões de metros cúbicos de carvão vegetal. O auge foi em 2007: 4,5 milhões de metros cúbicos.

Para Luiz Benatti, chefe de proteção ambiental do Ibama, as indústrias carvoeira e siderúrgica são hoje duas das principais "indutoras do desmatamento" do cerrado.

O presidente do sindicato do setor metalúrgico no Estado, Irineu Milanesi, diz que considera exagerada a estimativa feita pelo Ibama e que as florestas plantadas já são realidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions