A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

15/07/2015 12:10

Em um ano, Estado teve 11.402 acidentes de trabalho e 48 mortes

Viviane Oliveira
Em Bataguassu, Djalma recebeu descarga elétrica enquanto pintava uma parede. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu. (Foto: Da Hora Bataguassu) Em Bataguassu, Djalma recebeu descarga elétrica enquanto pintava uma parede. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu. (Foto: Da Hora Bataguassu)

Em um ano, Mato Grosso do Sul registrou 11.402 acidentes de trabalho com 48 mortes, de acordo com as estatísticas do Ministério da Previdência Social. Os dados publicados anualmente pelo órgão são referentes a 2013. A relação do ano passado ainda não foi divulgada.

Conforme a assessoria de imprensa da Previdência Social, o levantamento tem como referência acidente provocado durante o trabalho, o trajeto ou afastamento por alguma doença relacionada ao emprego.

Apesar do relatório não especificar, a maioria dos acidentes de trabalho com morte é registrada na área rural ou no interior do Estado. Esta semana, por exemplo, dois homens morreram após receber descarga elétrica durante o trabalho.

Na segunda-feira, o pintor Djalma dos Santos, 51 anos, morreu após sofrer descarga elétrica e cair de 4 metros. O acidente foi na Avenida Dias Barrosa, no Centro de Bataguassu, distante 335 quilômetros de Campo Grande.

Conforme a polícia, a vítima pintava a parede do prédio do Cartório do 2º Ofício com um rolo de cabo de alumínio, quando encostou o equipamento em um fio da rede elétrica e sofreu a descarga. A vítima chegou a ser socorrida para a Santa Casa da cidade, mas morreu.

No mesmo dia, Dorandir de Freitas Gouveia, 52 anos, também morreu durante o trabalho. Ele foi eletrocutado enquanto descarregava implementos agrícola de uma caminhão guindaste na Fazenda Santa Cecília, na região de Chapadão do Sul.

O homem operava o equipamento quando o braço da máquina encostou nos fios de alta tensão da rede elétrica. Os funcionários da fazenda acionaram o serviço de ambulância, mas Dorandir morreu no local.

De acordo com o delegado de Cassilândia, Alexandro Mendes Araújo, acidentes de trabalho com morte em área rural são comuns. “Fica a alerta para as equipes que atuam em segurança do trabalho para evitar esse tipo de ocorrência. Dias desses, atendemos o caso de um trabalhador que morreu atropelado após cair de cima de um trator”, destaca.

Ainda conforme Alexandro, muitas vezes os acidentes ocorrem por falta de informação, mas há casos também em que o trabalhador vai se aventurar, como fazer uma religação na rede elétrica, e acaba se acidentando de forma trágica. Nos dois casos, os acidentes foram registrados como morte a esclarecer na Delegacia de Polícia Civil.

Homem de 52 anos morre após receber descarga elétrica em fazenda
Um homem de 52 anos morreu após receber descarga elétrica no final da tarde de ontem (13), na Fazenda Santa Cecilia, que fica no Km 28, região de Cha...
Ministério Público está com inscrições abertas para 244 vagas de estágio
O MPE (Ministério Público do Estado) está com inscrições abertas para 244 vagas de estágio. O prazo de inscrição termina em 8 de maio. A prova escrit...
UEMS abre concurso público para 57 vagas com salário até R$ 2.246,88
Tem início nesta quinta-feira, 23, às 17h, e se estenderá até às 17h do dia 24 de abril, o período de inscrições no concurso público que a UEMS (Univ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions