ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  11    CAMPO GRANDE 15º

Empregos

Governo abre três concursos públicos com 272 vagas e salários de até R$ 6 mil

Os editais são da Iagro, Agraer e Sedhast, com inscrições abertas até 2 de maio

Por Gabrielle Tavares | 12/04/2022 17:48
Candidato preenchendo gabarito de prova. (Foto: Reprodução)
Candidato preenchendo gabarito de prova. (Foto: Reprodução)

Governo de Mato Grosso do Sul publicou edital de três concursos públicos, que juntos somam 272 vagas de emprego no Estado. Com salários de até R$ 6.655,08, são 54 oportunidades para a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul), 92 para Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul) e 126 para a Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Os certames estão disponíveis na edição de hoje do DOE (Diário Oficial do Estado). As inscrições ficarão abertas até o dia 2 de maio, no site do Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional), com taxa de R$ 181,32 para nível superior e R$ 113,32 para nível médio.

As seleções se darão através de prova escrita objetiva no dia 22 de maio, além da prova de títulos e investigação social.

Iagro - O cargo com vagas disponíveis é fiscal agropecuário, com exigência de diploma em Medicina Veterinária ou Engenharia Agrônoma, com remuneração inicial de R$ 6.655,08.

Agraer - Para as vagas de gestor de desenvolvimento rural (33), é preciso ter ensino superior completo nas áreas de Zootecnia, Engenharia de Agrimensura ou Engenharia Cartográfica, Engenharia Civil, Engenharia Agronômica e Medicina Veterinária.

No caso dos pesquisadores, são seis vagas e a graduação deve ser em Engenharia Agronômica com mestrado, doutorado ou pós-doutorado em Agronomia ou áreas afins, nas áreas de concentração: Fruticultura Tropical, Olericultura, Cultura da Mandioca, Melhoramento de Plantas, Silvicultura, Bovinocultura do Leite. Além disso, de experiência comprovada de mais de três anos em atribuições similares às da função.

Já para as vagas de gestor socio-organizacional rural (10), o interessado deve ser graduado em Administração, Administração Rural, Ciências Contábeis, Engenharia da Computação, Jornalismo, Economia Doméstica, Nutrição ou Serviço Social. A remuneração para os cargos que exigem nível superior será de R$ 6.655.08.

Para os candidatos de nível médio completo, as vagas são para técnico de desenvolvimento rural (26). É preciso ainda ter curso técnico em agropecuária ou agricultura, ou ensino médio profissionalizante também em uma das duas áreas. Também é exigido curso de nível técnico de laboratório ou ensino médio profissionalizante na área. A remuneração é de R$ 2.900,22.

Por fim, para as oportunidades de agente de serviços socio-organizacionais (17), é preciso apenas ter ensino médio completo e o salário previsto é de R$ 2.645,65.

Sedhast - Para as vagas de gestor de ações sociais (110), a remuneração prevista é de R$ 4.417,01, para profissionais formados em Serviço Social, Psicologia, Pedagogia, Terapia Ocupacional, Nutrição, Antropologia e Sociologia.

Já para os cargos de fiscal de relações de consumo e gestor de relações de consumo (5) é exigido somente comprovação de conclusão de nível superior em qualquer área de atuação. O salário também é de R$ 4.417,01.

Por fim, o cargo para assistente de relações de consumo (6) e agente fiscal de relações de consumo (5) são para nível médio, com remuneração de R$ 1.850,14.

Nos siga no Google Notícias