A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

01/11/2014 11:35

OAB vai questionar na Justiça concurso suspenso desde abril

Aline dos Santos

Suspenso pelo governo desde abril, o concurso público para procurador do Estado será questionado na Justiça pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil). A ação será por violação ao edital do concurso. O número de vagas foi ampliado de 9 para 15, mesmo após o início da realização do certame.

“A ampliação do número de vagas durante a realização do concurso causa prejuízo aos candidatos e 'fere de morte' os princípios da moralidade pública”, afirma o conselheiro José Belga Assis Trad. A OAB foi acionada em setembro pela diretoria da Aprems (Associação dos Procuradores do Estado de Mato Grosso do Sul).

Com 1.500 inscritos, o XII Concurso Público de Provas e Títulos da Procuradoria Geral do Estado aplicou a primeira prova no dia 16 de março deste ano. Na ocasião, houve denúncia de que o lacre de um dos envelopes foi violado.

O concurso foi suspenso em 8 de abril pelo decreto estadual 13.944. A medida foi para garantir a “lisura e transparência”.

O Campo Grande News tentou falar com o presidente da Comissão Organizadora do Concurso e procurador-geral do Estado, Rafael Coldibelli Francisco, mas ele não atendeu as ligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions