A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Novembro de 2017

21/10/2014 18:13

Sindicato vai recorrer à Justiça para o pagamento de 40 funcionários

Priscilla Peres

O Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliáro de Campo Grande) vai recorrer à Justiça para que 40 operários recebam seus salários e a rescisão de contrato. Eles trabalhavam para a empresa Pedri & Santos, terceirizada da Vanguard.

De acordo com o presidente do sindicato, José Abelha Neto, a empreiteira abandonou os funcionários no canteiro de obras, com salários atrasados e sem explicações. Um acordo tinha sido feito com a empresa para efetuar o pagamento, porém Abelha afirma que a Vanguard "voltou atrás".

"Hoje cedo falei com a gerencia da empresa que confirmou a informação que os operários haviam recebido, de que só vão pagar em juízo”, afirmou Abelha Neto. A Vanguard afirma que pagou corretamente a empreiteira e que está teria sonegado os salários e direitos dos trabalhadores.

Abelha afirma que por ser subsidiária, a contratante precisa assumir o compromisso feito pela empresa terceirizada. “A lei exige que ela (Vanguard) arque com os direitos trabalhistas dos operários que trabalham em seus canteiros de obras”, afirmou.

Problema - O sindicato afirma que 90% dos empregados das construtoras Plaenge e Vanguard de Campo Grande, são terceirizados. O que significa que cerca de 1.500 funcionários estão sob a responsabilidade de pequenas empresas terceirizadas para execução de serviços da construtora. “O problema é que a maioria desses operários não é devidamente registrada e o que é pios, eles têm seus direitos trabalhistas manipulados e sonegados”, denuncia Abelha.

Para evitar que essa situação continue se repetindo, o sindicato afirma que está entrando na Justiça para conseguir que o pagamento dos funcionários seja feito e organiza manifestações para chamar a atenção para o caso.
A Vanguard não falou sobre o caso até o fechamento desta matéria.

Funtrab está com 618 vagas de trabalho em 23 cidades de MS
A Funtrab (Fundação do Trabalho) informa a disponibilização de 618 vagas distribuídas em 23 cidades de Mato Grosso do Sul. Os interessados devem busc...
Termina nesta sexta-feira prazo de inscrições em seleção da Sedhast
A Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) termina nesta sexta-feira (17) as inscrições para o processo sele...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions