A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Março de 2017

21/10/2014 18:13

Sindicato vai recorrer à Justiça para o pagamento de 40 funcionários

Priscilla Peres

O Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliáro de Campo Grande) vai recorrer à Justiça para que 40 operários recebam seus salários e a rescisão de contrato. Eles trabalhavam para a empresa Pedri & Santos, terceirizada da Vanguard.

De acordo com o presidente do sindicato, José Abelha Neto, a empreiteira abandonou os funcionários no canteiro de obras, com salários atrasados e sem explicações. Um acordo tinha sido feito com a empresa para efetuar o pagamento, porém Abelha afirma que a Vanguard "voltou atrás".

"Hoje cedo falei com a gerencia da empresa que confirmou a informação que os operários haviam recebido, de que só vão pagar em juízo”, afirmou Abelha Neto. A Vanguard afirma que pagou corretamente a empreiteira e que está teria sonegado os salários e direitos dos trabalhadores.

Abelha afirma que por ser subsidiária, a contratante precisa assumir o compromisso feito pela empresa terceirizada. “A lei exige que ela (Vanguard) arque com os direitos trabalhistas dos operários que trabalham em seus canteiros de obras”, afirmou.

Problema - O sindicato afirma que 90% dos empregados das construtoras Plaenge e Vanguard de Campo Grande, são terceirizados. O que significa que cerca de 1.500 funcionários estão sob a responsabilidade de pequenas empresas terceirizadas para execução de serviços da construtora. “O problema é que a maioria desses operários não é devidamente registrada e o que é pios, eles têm seus direitos trabalhistas manipulados e sonegados”, denuncia Abelha.

Para evitar que essa situação continue se repetindo, o sindicato afirma que está entrando na Justiça para conseguir que o pagamento dos funcionários seja feito e organiza manifestações para chamar a atenção para o caso.
A Vanguard não falou sobre o caso até o fechamento desta matéria.

MPE-MS abre processo seletivo para estagiário do ensino médio
O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) vai abrir processo seletivo para ingresso em estágio do ensino médio na Promotoria de Ju...
Ministério Público está com inscrições abertas para 244 vagas de estágio
O MPE (Ministério Público do Estado) está com inscrições abertas para 244 vagas de estágio. O prazo de inscrição termina em 8 de maio. A prova escrit...
UEMS abre concurso público para 57 vagas com salário até R$ 2.246,88
Tem início nesta quinta-feira, 23, às 17h, e se estenderá até às 17h do dia 24 de abril, o período de inscrições no concurso público que a UEMS (Univ...
Concurso da UEMS oferece 57 vagas para atuação na Capital e interior de MS
Com 57 vagas disponíveis para pessoas com formação nos níveis médio e superior, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) inicia às 17 hor...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions