A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

22/06/2009 15:32

Entidades fazem raio-x da violência entre estudantes

Redação

Deve ser iniciado em Mato Grosso do Sul pelo Grupo Permanente de Enfrentamento da Violência nas Escolas uma pesquisa sobre as causas da violência nas escolas públicas e particulares de todo o Estado.

Hoje, uma reunião na Assembléia Legislativa discutiu o assunto, com a presença de representantes de 10 entidades e órgãos públicos.

Um dos pontos na pauta do encontro foi a criação do toque de recolher em alguns municípios, e que pode virar lei estadual.

A reunião foi convocada pelo deputado estadual Júnior Moch (PMDB) que espera ter o levantamento pronto até o fim do segundo semestre deste ano.

Com os dados em mãos, o Grupo pretende debater quais sãoa s políticas públicas necessárias para ocmbater o problema.

As entidades também vão organizar para 31 de julho uma conferência livre sobre segurança pública com os integrantes do Parlamento Jovem, da Assembléia Legislativa.

Sobre o toque de recolher para menores de idade, que disciplina de horários para crianças e adolescentes fi considerado inconstitucional pelo Conanda (Conselho Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, lembrou Mochi.

Mochi também irá agendar reunião para discutir o assunto com o presidente da Associação dos Magistrados da Infância e Juventude, desembargador Joenildo Souza Chaves. Ele pedirá uma orientação aos magistrados do Estado até manifestação nacional do CNJ.

Supremo suspende julgamento sobre registro civil de transexual
Um pedido de vista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio suspendeu hoje (22) o julgamento da Corte sobre a possibilidade de tra...
Governo anuncia novos medicamentos na rede pública para tratar mal de Parkinson
Sete anos após a última atualização sobre o tratamento aos pacientes com mal de Parkinson na rede pública do país, o Ministério da Saúde aprovou um n...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions