A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/09/2008 13:58

Equipe de reportagem é expulsa por índios em Miranda

Redação

Uma equipe de jornalismo da TV Record MS foi expulsa e teve parte do material de gravação tomado hoje pela manhã na fazenda Petrópolis, em Miranda, onde um grupo de índios Terena mantém ocupação.

De acordo com as informações postadas no site da emissora, a equipe foi ao local para fazer uma reportagem sobre a desocupação da propriedade do ex-governador Pedro Pedrossian, mas foi recebida com hostilidade pelos indígenas.

O repórter Edson Godoy relata que os índios estavam armados com arcos, flechas e lanças e ficaram irritados com as filmagens, tendo arrancado as fitas e baterias das câmeras e depois expulsado o jornalista, o repórter cinematográfico Cleiton Bernardi e o auxiliar Erick Machado.

Fora da fazenda, apenas com parte do material, a equipe voltou a ser abordada pelos índios, no momento em que o jornalista fazia uma gravação de áudio. Conforme Godoy, ele teve o celular tomado pelo grupo.

Após o incidente, os profissionais da Record MS procuraram a Polícia Civil em Miranda para tentar recuperar o material da reportagem. A delegacia confirma os relatos e a Polícia Federal já foi informada sobre a situação no local.

Protesto - Os indígenas estão há mais de uma semana acampados na fazenda localizada em Miranda, município a 212 quilômetros de Campo Grande. Notificados na última sexta-feira, eles têm até a tarde de quarta-feira para saírem da fazenda.

Uma equipe com 30 agentes da PF (Polícia Federal) já foi deslocada para a região a fim de acompanhar a desocupação. Os índios reivindicam que parte da propriedade seja demarcada como terra indígena. (Com informações do site MS Record)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions