A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/08/2013 10:28

Equipe itinerante vai atender 300 dependentes químicos nas ruas da Capital

Aliny Mary Dias e Jéssica Benitez

A Prefeitura da Capital lançou nesta quarta-feira (28) o projeto Consultório na Rua que faz parte do Plano Municipal de Enfrentamento ao Crack e outras drogas. Uma Van com seis profissionais irá percorrer as ruas de Campo Grande com objetivo de atender dependentes químicos.

Segundo o secretário de Saúde, Ivandro Correa Fonseca, a equipe é composta por enfermeiro, psicólogo e assistentes sociais. Os profissionais irão fazer a triagem dos dependentes que serão internados ou encaminhados para especialidades médicas.

“Ninguém será obrigado a ser internado. Ficamos 20 dias em um trabalho experimental e as regiões periféricas como o Los Angeles são as mais problemáticas”, explica o chefe da Saúde.

Durante o trabalho experimental, e equipe do Consultório na Rua contabilizou cerca de 300 dependentes químicos que vivem nas ruas da Capital. Dependendo de cada problema dos dependentes, eles poderão ser encaminhados para médicos de diferentes especialidades.

Segundo o secretário, o projeto foi criado após o pedido de famílias que sofrem com a presença das drogas. Nos primeiros meses, a equipe irá produzir diagnósticos que serão avaliados pela Prefeitura para que um cronograma seja criado.

De concreto até agora, está definido a carga horária de 40 horas semanais de trabalho da equipe. De acordo com Ivandro, o projeto é inédito na Capital e tem parceria com o Ministério da Saúde.

Para custear a equipe, R$ 17 mil mensais serão repassados pelo Ministério, o veículo foi cedido pela prefeitura e a equipe também será paga pela administração local.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Parabéns pela iniciativa!!!
Passamos por pessoas assim, pelas ruas, e na maioria das vezes nem notamos que elas estão ali. E ao notarmos, nossa primeira reação é de repulsa. Quem sofre são as famílias - na maior parte das vezes, sofrimento solitário. Tomara que o projeto seja sério e dure por muito tempo, apesar de sabermos que iniciativas como essa não geram retorno eleitoral.
 
Luiz Gonçalves em 28/08/2013 13:48:01
Não precisa ser médico para tratar de sintomas, quaisquer que sejam as enfermidades.
Difícil é planejar ações verdadeiramente diagnósticas, que também trate das Causas. Nesse caso, as psicossociais, a partir do Núcleo Familiar. Quem faz isso?
E, aí, continua vingando o "Faz de Conta Que..."!
 
João Batista Paiva em 28/08/2013 12:12:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions