A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/03/2014 11:04

Evento na governadoria marca abertura do mês da Mulher no Estado

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Evento na governadoria marca abertura do mês da Mulher no Estado

Em solenidade na governadoria, foi aberto na manhã hoje (10) a Campanha do Mês da Mulher, em comemoração ao dia Internacional da Mulher. Com o tema “Toda Mulher Traz Dentro de Si a Força para Chegar Onde Quiser”, a ação conta uma programação com inúmeras atividades durante todo o mês de março.

O primeiro evento da agenda é a palestra com diretora-executiva do Instituto Patrícia Galvão - Mídia e Direitos, Jacira Melo. Para a especialista, esse tipo de campanha é importante para sensibilizar a população para que a mulher busque a autonomia e, nos casos de violência, que ela busque ajuda.

De acordo com Jacira, hoje as mulheres representam 49,4% da força de trabalho, mas elas continuam não sendo reconhecidas. “As mulheres estão em empregos sem menor reconhecimento, prestígio e menor remuneração. Só empregadas domesticas são 7 milhões”, afirma.

Conforme a especialista, as políticas públicas criadas para as mulheres estão relacionas não apenas ao direito, mas também ao desenvolvimento econômico do País. “As políticas publicas em relação à maternidade atendem apenas 20% da demanda relacionadas à creche e em relação à pré-escola atende 40% da demanda”, explica.

Para ela, a mulher vem evoluindo constantemente. “Nos anos 60 as mulheres tinham dois anos de estudo e seis filhos, em média. Hoje, a média de estudo é de 8 anos e 1,7 filhos”, ressalta. Jacira explica que essa mudança se deve a uma serie de fatores, como as novelas, por exemplo, que trouxeram personagens femininas com novas perspectivas.

Durante todo o mês, serão realizadas oficinas de artesanato, palestras, passeatas, blitz, feiras que oportunizam às mulheres comercializarem produtos artesanais e alimentícios, tendo como objetivo sua independência financeira, além de homenagens. Os eventos serão realizados em diferentes municípios do Estado.

No evento, a Coordenadora Especial de Políticas para a Mulher, Tai Loschi, anunciou que até o segundo semestre deste ano vai ser inaugurada em Campo Grande a Casa da Mulher Brasileira, onde irá funcionar a Delegacia da Mulher 24 horas.

Segundo ela, o local irá contar com equipes multidiciplinar de atendimento e servirá como abrigo para mulheres vítimas de violência.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions