A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/11/2014 08:39

Gaeco investiga fraude em licitações e no show pirotécnico em Três Lagoas

Filipe Prado
Policiais federais cumprem mandado na prefeitura de Três Lagoas (Foto: Perfil News/Ricardo Ojeda)Policiais federais cumprem mandado na prefeitura de Três Lagoas (Foto: Perfil News/Ricardo Ojeda)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrou, na manhã de hoje (13), a “Operação Morteiro” em Três Lagoas e Campo Grande. O grupo investiga empresários e servidores que são acusados de fraudar licitações de eventos, como a queima de fogos do Réveillon em Três Lagoas.

Foram quatro mandados de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva cumpridos na manhã de hoje na sede da Prefeitura Municipal de Três Lagoas, além de três empresas no ramo de eventos, uma no município e duas em Campo Grande.

As investigações começaram há 10 meses, a partir de denúncias feitas à Promotoria do Patrimônio Público de Três Lagoas de que empresários estavam fraudando as licitações. Durante a apuração surgiram informações de que os empresários combinavam valores, propostas e orçamentos com empresas predeterminadas, para que elas vencessem as licitações.

Três empresários e um ex-servidor público de Três Lagoas foram conduzidos pelos policiais militares para prestar depoimento. Alguns servidores públicos de Três Lagoas são suspeitos de participarem das fraudes.

Cerca de 18 policiais militares do Gaeco participam da operação, além de três promotores de Justiça.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions