A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/05/2013 17:08

Governo avisa que só acordo garante pagamento em dia e reajuste maior

Luciana Brazil

O governador André Pucinelli (PMDB) garante que o reajuste salarial previsto para as Polícias Civil e Militar de Mato Grosso do Sul ficará acima dos índices inflacionários no Estado.

Em nota, divulgada pela assessoria de imprensa, Pucinelli ressalta que mantêm abertas as negociações com as categorias e que "a manutenção das negociações inclui a preocupação em pagar em dia".
Para a Polícia Civil, a proposta é elevar o salário inicial de R$ 2.361 mil para R$ 3.031 mil, com a extinção da classe substituta (inicial).

Em dezembro de 2014, o salário inicial da Polícia Civil será de R$ 3.667,26, conforme o governo. Com este piso, o salário seria reajustado em 210% aos iniciantes, diante de uma inflação acumulada de 40%.

No caso dos militares, cabos que recebiam salário de R$ 2.099,75, em 2007, recebem hoje R$ 2.890,46. A proposta é que a partir de dezembro de 2014, o salário seja de R$ 3.807,85. Um reajuste de 81,35%, que representa, no mínimo, o dobro da arrecadação no período, argumenta o governo.

Ainda conforme Puccinelli, a recuperação do salário dos soldados da PM será de 118,29% até o fim de 2014. Esta categoria parte de um salário inicial, em 2007, de R$ 1.397,57 para R$ 2.200,00 atualmente e R$ 3.050,78 no fim de 2014.

Os maiores índices propostos na atual negociação foram os reajustes escalonados para a Polícia Militar, conforme o governo. Para cabos os percentuais chegam a 7%, 8% e 14%. E para os soldados o reajuste seria de 7%, 8% e 20%, sendo o último índice, nos dois casos, para 2015.

Segundo o governador, vários já aceitaram a negociação na Polícia Civil, com exceção dos investigadores e escrivães. Delegados, peritos oficiais forenses, papiloscopistas, agentes de polícia científica e administrativos, que atuam na segurança pública, estão de acordo com a proposta do governo.

Na Polícia Militar, oficiais subtenentes, sargentos também já aceitaram o acordo.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


aaa ó, se for para colocar essas mentiras ai, é melhor nem publicar, chega!! o povo e a policia ta farto de tanta mentira do governo......
 
Marcelo Souza em 22/05/2013 09:11:45
É lamentável a situação da nossa seg. púb. Nosso Estado possui grandes profissionais na área, mas infelizmente não são reconhecidos pelo que fazem para a manter a ordem. Digo isso pelos atos de heroísmo em trabalhar sem meios dando satisfação à sociedade, enquanto uns e outros se deliciam com banquetes; festas; se desfrutam de mordomias dos próprios cargos e funções; e ainda aumentam os próprios salários com mais de 60%. Nossos policiais trabalham duro e lutam por melhorias justas, perdem noites de sono e sossego e merecem o reconhecimento salarial de 27% (não dividido como propõe o governo). É fácil dar aumento àqueles que o protege passando a responsabilidade para o governo que entra. Por favor, não guarde para época de eleição os benefícios que podem ser dados hj.(eles não são "bobos")
 
Andre Matias em 22/05/2013 09:01:48
APROVEITA E DÁ AUMENTO SOMENTE AOS QUE QUEREM, COM ISSO VAI DIMINUIR O NUMERO DE BENEFICIADOS, AGORA FICOU MUITO MENOS PARA O GOVERNO PAGAR O AUMENTO, EXCLUA AS CLASSES QUE ACEITARAM E PAGUE AS OUTRAS CATEGORIAS QUE NÃO ACEITARAM E RESOLVE LOGO ISSO, SIMPLES PAPILOCOPISTA E AUX. PERICIA MS E UNICO ESTADO QUE RECEBE IGUAL O INVESTIGADOR MESMO.
 
PAULO ROBERTO ROCHA em 22/05/2013 08:50:44
O jogo de informações “convenientes” que o governo mostra não resolve a injustiça salarial dentro da Segurança Pública, onde poucos ganham muito e muitos ganham pouco. Será que o Governo tem coragem de elaborar um Plano de Cargos e Salários dentro da Segurança, onde aqueles que realmente estão exercendo a função (entender como verdadeiro policial e não como função administrativa civil) possam ganhar um percentual a mais? Que o Plano corrija as injustiças salariais e que qualquer aumento seja para todos, evitando discórdias dentro do Grupo. Por último PARABÉNS ao SINPOL pela luta visando corrigir injustiças salariais.
 
Nivaldo Silva em 22/05/2013 08:25:53
quem é esse que ganha 2890, só se for quem tem nivel 4, porque nivel 1 ganha 2,2 mil. esses contador não sabe nem mentir. olha o salario base, não salario de antigo.presta atenção!!!
 
ray silva em 22/05/2013 08:23:49
O Governo só coloca como vai ficar o salario de quem inicia, pois ele está elevando a classe substituta para a 3ª por isso que o aumento é maior, sendo que ele só está fazendo isto por que tramita uma ação no STJ onde os servidores que fizeram o concurso para a 3ª Classe foram nomeados como substitutos e a ação está para ser julgada e faltam menos de um ano para que estes poucos servidores subam para a 3ª Classe automáticamente. Nas outras classes o aumento em três anos são somente de 7, 8 e 14 em três anos não existindo grande aumento como ele explica.
 
dirceu gabriel em 22/05/2013 08:23:05
O problema é que nossos oficiais tem um dos maiores salários da União ou, o maior, então fica difícil. É uma espécie de big brother, o governo colocando um contra o outro.
 
Ivan Carlos em 22/05/2013 07:46:32
O que mais revolta a classe policial civil, é que o as propostas são para enganar a opinião pública, extinguir a quarta classe com 70 policiais que vão ser promovidos automaticamente em janeiro, e ai ele fala em 210 porcento de aumento, será que a população é tão inculta assim, querem tapear a quem, o povo ou os policiais.
 
JOÃO DE PAULA em 22/05/2013 07:45:13
é amigo eu tb estou quase na mesma situaçao, nao assinei o acordo, ganhei a causa e estou recebento cerca de 800 a menos que meus pares de mesma data de admissao isso é triste lutar contra a força, mas isso mostra como o funcionalismo publico nao tem unidade, todos ja sabiam que isso ia acontecer.....
 
leniro oliveira em 22/05/2013 07:21:31
vou fazer concurso de policia, ta muito mais lucrativo que trabalhar por ai. todo ano tem aumento imenso pra categoria, trabalhar que é bom nada, estamos vendo todos os dias assaltos e a população? que se vire.
 
rogerio de souza muniz em 22/05/2013 07:07:05
Estou na mesma situação sua LUIZ CARLOS,aguardando o desenrola do HPM uma ação aparentemente com ganha de causa ,porém a nossa justiça......................E amigo temos direito eu creio em nossa vitoria. Prefiro ser o DAVI deixa os Golias.
 
henrique lopes em 21/05/2013 23:29:32
Sou Sargento da PM, hj vejo na ACS a UNICA entidade q representa de verdade o sentimento dos PMs do estado, nao coloque palavras em minha boca tb sr. Governador, EU NAO ACEITEI ESSA VERGONHA e to, e sempre estarei, na luta.....ATE A VITORIA, SEMPRE....
 
Daniel Fernandes em 21/05/2013 22:47:34
espero que o edmar não aceite esta proposta do governador e continue com o aquartelamento temos que mostrar a ele(governador) que somos uma categoria unida
 
ricardo v netto em 21/05/2013 22:27:00
DAR AUMENTO PARA PARA O OUTRO GOVERNO PAGAR É FÁCIL.
ASSUME SUA RESPONSABILIDADE. DR. ANDRÉ.
 
Manoel Tavares em 21/05/2013 21:37:27
Luiz Carlos Messias, o Governo abriu prazo 3 vezes para quem quisesse fazer acordo e receber os atrasados de 2007 para cá. De 1.200 interessados, restam apenas uns 300 que não fizeram acordo, achando que ganhariam mais com ação na Justiça contra o Governo. Levaram tinta e querem acordo de novo. Vc não foi macho para entrar com ação e recusar todos os acordos oferecidos? Então, agora aguenta ou vá lá na PGE pedir para fazer acordo!
 
luiz inacio de souza em 21/05/2013 21:28:43
é com pesar de toda esta situação que vem se tornando que só o governo tão razão, colegas vamos refletir em tudo isto se fala que as categorias já aceitaram mais se pode ver que é uma situação que o governo quer que nos engolimos pois 2013, 7%.2014,8%. que se diz no final de dezembro quando se pode dizer que outro governo que vai pegar a bomba no ano 2015 com 20% ,pois isto é uma jogada deste governo que se diz aberto para negociação , vamos- lá a hora e esta que DEUS nos ilumina esta etapa que juntos alcançaremos uma boa negociação para ambas as parte, reflete ....
 
ricardo ramires em 21/05/2013 20:00:18
EU BEM QUE TENTEI ACREDITAR NO SISTEMA E HOJE SOU POLICIAL SEM SALÁRIO IGUAL AOS OUTROS PMS, POIS NÃO ASSINEI O ACORDO QUE ME FOI IMPOSTO PARA NÃO RECEBER O QUE ME ERA DE DIREITO, E GANHO COMO VÁRIOS COLEGAS QUE NÃO ASSINARAM HA MAIS DE 8 ANOS MENOS QUE O SD MAIS NOVO DA CORPORAÇÃO,ISSO É TRITE POIS NÃO POSSO NEM DIZER PARA MEUS FAMILIARES QUANDO VAI MELHORAR E ENQUANTO ISSO VIVEMOS DE MISÉRIA.CHEGA DE FICAR QUIETO POIS ACS DISSE QUE ISSO SERIA RESOLVIDO E ATÉ HOJE NADA SE SABE DO HPM.
 
Luiz Carlos Messias em 21/05/2013 18:02:03
Não coloca palavras em minha boca, eu não aceitei nada. Deus ta vendo.
 
Roberto Ferreira em 21/05/2013 17:53:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions